Novo Livro O Guia dos Curiosos - Edição Fora de Série

O que as crianças gostam de comer em 10 estados do Brasil

24 de abril de 2019

Amazonas
Mingau de banana com castanha-do-pará ou farinha de tapioca; mungunzá (mingau de milho branco); suco de cupuaçu; risoto de frango com legumes; sopa de feijão

Bahia
Feijão-tropeiro; arroz com frango e legumes

Ceará
Baião-de-dois (prato de feijão e arroz cozidos juntos) com charque; paçoca com charque (farinha e carne misturadas)

Distrito Federal
Galinha; cachorro-quente

Espírito Santo
Macarronada com molho de carne moída; arroz com feijão; tutu de feijão (pirão de feijão e farinha com alguma carne defumada); feijão-tropeiro (feijão com farinha e vários temperos, tudo misturado)

Goiás
Galinhada (frango em pedaços, cozido com arroz e temperos); salada de frutas; pratos à base de feijão

Mato Grosso do Sul
Arroz-de-carreteiro (arroz cozido com carne seca, repolho e temperos); farofa com folhas de beterraba e cenoura e carne moída com frango

Minas Gerais
Arroz-doce

Pará
Açaí com farinha de tapioca (farinha preparada com mandioca); mingau de tapioca; arroz com feijão e charque (carne de vaca salgada)

Rio de Janeiro
Frango com batata; macarrão à bolonhesa

Fonte: Folhateen

Veja o que as crianças comem nas escolas em diferentes países.

 

Esta página contém links de afiliados. Ao fazer uma compra por um desses links, o Guia dos Curiosos recebe uma comissão e você não paga nada a mais por isso.

Artigos Relacionados

A verdadeira história da bala 7 Belo

A verdadeira história da bala 7 Belo

Escrevi para a assessoria de imprensa da Arcor, dona da marca 7 Belo desde 2001, pedindo ajuda para contar a história da bala cinquentenária. O departamento de marketing não quis passar informações. No jogo de cartas, 7 Belo é o apelido que a carta “7 de ouros” ganhou...

A origem dos bolinhos madeleines

A origem dos bolinhos madeleines

As madeleines têm uma função muito importante na monumental obra de Marcel Proust. "Em busca do tempo perdido", o autor francês utiliza o momento em que a tia mergulha um bolinho na xícara de chá para evocar saborosas lembranças. [yotuwp type="videos" id="7h9WokS7PoQ"...

A origem do nome e da embalagem das batatas Pringles

A origem do nome e da embalagem das batatas Pringles

A batata frita Pringles foi lançada no mercado americano em 1968. Até 1986, o nome tinha um apóstrofo (Pringle's). Depois virou uma palavra só. A escolha do nome foi bastante curiosa. Fizeram uma pesquisa na lista telefônica de Cincinatti. Encontraram no subúrbio da...

1 Comentários

1 Comentário

  1. Marina

    Estranhei a falta da batata frita.

    Responder

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Share This