Qual é a história da Neugebauer [fala-se “Noiguebauer”]? Ela é a mais antiga fábrica de chocolates do Brasil ainda em atividade. O alemão Franz Neugebauer, técnico em confeitaria, chegou a Porto Alegre em 1887. Estudou o mercado brasileiro e chamou o irmão Max, que também se mudou para o Rio Grande do Sul, quatro anos depois. Em 17 de setembro de 1891, Franz, Max e um amigo, Fritz Gerhardt, fundaram a Neugebauer Irmãos & Gerhardt, no bairro de Navegantes, num prédio de madeira onde antes funcionava uma escola. Começaram com balas e rapaduras.

Fritz saiu da sociedade em 1896 (há fontes que dizem que pode ter sido em 1892). Ernest, outro irmão de Franz e Max, veio para o Brasil, com conhecimento de novas técnicas usadas na Europa e mais dinheiro para aumentar a produção. Trouxe também outra novidade na bagagem.

O chocolate passou a ser produzido em 1903. A fábrica, então com quarenta funcionários, ganhou um novo endereço no ano seguinte. Aos poucos, a Neugebauer & Irmãos foi lançando produtos que deram fama à marca: o Chocolate Refeição, em 1925 (tablete de 90 gramas, porção perfeita para comer de sobremesa); a bala Mocinho, recheada de chocolate, em 1955; e o bombom Amor Carioca, em 1958.

O achocolatado Guri Vitaminado patrocinou e deu nome ao programa infantil de auditório “Clube do Guri”, apresentado por Ary Rêgo, na Rádio Farroupilha, de junho de 1950 a julho de 1966. O “Clube do Guri” revelou a cantora Elis Regina.

A família Neugebauer vendeu o negócio em 1982. Ela já trocou de mãos quatro vezes. Hoje pertence ao Grupo Vonpar. A fábrica fica em Arroio do Meio, no Vale do Taquari, no Rio Grande do Sul. As marcas Bib’s e Stikadinho são destaques.

A marca de chocolates Danke (“Obrigado” em alemão) foi criada por descentes da quarta (Ernesto Neugebauer) e da quinta geração (Carolina Neugebauer) da família no Brasil.