Novo Livro O Guia dos Curiosos - Edição Fora de Série

10 curiosidades sobre piolhos

24 de abril de 2019

1. O piolho, ou Pediculus capitis, é um invertebrado com três pares de patas articuladas. Trata-se de um inseto hematófago, ou seja, um bicho que se alimenta de sangue. 

2. Atinge em média entre 1 a 4 milímetros e tem cor acizentada.

3. A coceira que as pessoas com piolho sentem é consequência da picada do animal. Ele morde o couro cabeludo e suga o sangue, deixando no local um pouco de sua saliva. A substância provoca a irritação.

4. O inseto não voa. Ele passa de uma cabeça para outra por meio de roupas e objetos como chapéus, pentes e bonés. Também se pode pegar piolho ao dormir em um travesseiro utilizado por uma pessoa infestada.

5. As fêmeas se reproduzem por meio de ovos chamados lêndeas. Cada uma coloca entre 150 e 300 deles.

6. A lêndea tem formato alongado e mede, em média, 0,8 mm. Leva 14 dias para se desenvolver e se transformar em um piolho.

7. O ciclo de vida do piolho é de 60 dias em ambientes apropriados à sua proliferação. Fora deles, não sobrevive mais do que 48 horas.

8. Ao picar o coro cabeludo, o piolho injeta uma substância anticoagulante para otimizar a fluidez do sangue. Essa substância, estranha ao corpo humano, provoca uma reação alérgica caracterizada pela coceira.

9. As crianças são as vítimas preferidas dos piolhos, mas não há nada de especial no sangue delas. Elas costumam sofrer mais com a infestação porque geralmente são menos cuidadosas do que os adultos. Nas escolas, é comum que as crianças dividam escovas de cabelo, emprestem bonés umas às outras e encostem nas mesmas almofadas. Desse jeito, fica fácil para o piolho passar de cabeça em cabeça.

10. O vinagre não mata o piolho. Apenas o deixa zonzo e enfraquece a substância que prende a lêndea ao cabelo.

Esta página contém links de afiliados. Ao fazer uma compra por um desses links, o Guia dos Curiosos recebe uma comissão e você não paga nada a mais por isso.

Artigos Relacionados

0 Comentários

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Share This