• A mulher Chamlong Taengni disse que seu filho de 13 anos reencarnou num lagarto. O réptil, da raça monitor, a seguiu até em casa depois que o menino foi cremado, no dia 17 de junho de 2001. A partir de então, o lagarto passou a ser tratado com mordomia, dormindo na cama do garoto e tomando leite e iogurte.
  • O rei do país, REI DA TAILÂNDIA, lançou um livro sobre a vida de sua cadela favorita, Khun Tongdaeng. A história conta a chegada do animalzinho à corte e suas peripécias no Palácio Real, onde goza de privilégios especiais em relação aos outros bichos de estimação do monarca. A obra vendeu 100 mil cópias em sua primeira tiragem.