O beijo e seus números e particularidades
Quando beijam, 97% das mulheres fecham os olhos. Apenas 30% dos homens fazem o mesmo.

Para beijar, o ser humano movimenta 29 músculos (doze dos lábios e dezessete da língua).

O beijo apaixonado pode significar a aplicação de uma pressão de 12 quilos sobre os lábios.

Uma pessoa troca, em média, 24 000 beijos (de todos os tipos, dos maternais aos apaixonados) ao longo de sua vida.

Um beijo pode repassar 250 vírus e bactérias diferentes. Quando se beija alguém, resíduos da saliva de seu parceiro permanecem em sua boca por três dias.

Em cada beijo, os dois apaixonados trocam 9 mg de água, 0,7 g de albumina, 0,18 g de substâncias orgânicas, 0,711 mg de gorduras e 0,45 mg de sais.

Em fevereiro de 2013, durante um evento comemorativo do Valentine’s Day, um casal tailandês bateu o recorde de beijo mais longo da história. Os dois permaneceram com os lábios grudados durante 58 horas. Foram mais de dois dias de pé, sem tomar banho e sem dormir. Como recompensa, o casal levou um cheque de cerca de 6.500 reais e dois anéis de diamante.

Já o recorde de maior número de pessoas se beijando ao mesmo tempo pertence atualmente ao Brasil. Em 3 de abril 2009, 8.372 casais de se beijaram simultaneamente durante o Axé Brasil, em Belo Horizonte.

Os lábios são 100 vezes mais sensíveis do que as pontas dos dedos. É a parte exposta do corpo humano que tem a maior sensibilidade (não perde nem para os genitais).

Um beijo de um minuto queima 26 calorias.

Leia também: 10 curiosidades sobre o beijo