Cleo VerbenaJacira Martins Silveira
Cineasta conhecida como Cleo Verbena, foi a pioneira a produzir, dirigir e atuar em um longa-metragem.

Júlia Luque Faffan
Foi a primeira engenheira a trabalhar nas plataformas da Petrobrás, em alto mar.

Katia Alves
Foi a primeira Secretária de Segurança Pública, nomeada na Bahia em 1999.

Lia Tora
Foi a primeira mulher a escrever um filme, em 1929, e também a primeira brasileira a chegar a Hollywood.

Lilian Witte Fibe
Foi a primeira mulher a ancorar o Jornal Nacional, da Rede Globo.

Lúcia Maria Stefanovich
Foi a primeira mulher a assumir o posto de Superintendente de uma Polícia Civil Estadual. Em 1990, a delegada entrou no comando da Polícia Civil de Santa Catarina.

Luiza Erundina
Foi a primeira prefeita da cidade de São Paulo.

Luzia Galvão Lopes
Foi durante muitos anos a única juíza a trabalhar numa instância superior de Direito, o Tribunal de Alçada Cível, em São Paulo.

Marcia Rejane Braga
Do Paraná, foi a primeira mulher aceita em um curso de formação de policiais de elite, em 1999, coordenado pela Swat americana.

Maria Augusta Generoso Estrella
É a primeira médica brasileira. Ela estudou na New York Medical College and Hospital for Women, nos Estados Unidos, porque as universidades brasileiras não aceitavam mulheres. Maria Augusta também teve a primeira bolsa de estudos concedida a uma mulher pelo governo brasileiro.

Maria Aparecida Carneiro
Foi a primeira mulher a assumir um instrumento na bateria da Nenê de Vila Matilda, em 1982, a escola de samba mais antiga do a de samba do Grupo Especial de São Paulo.

Maria Cristina Espíndola Rocha
Foi a primeira mulher a entrar na Bolsa de Valores do Rio de Janeiro na condição de operadora.

Maria Edilene de Siqueira
Foi a primeira juíza a apitar um jogo masculino de futebol. Ela comandou o clássico Sport X Santa Cruz, na cidade de Recife, em 1992. A partida terminou em 1×0, teve quatro cartões amarelos e uma expulsão.

Maria Elisabete Torres de Oliveira, Tanara Régia Del Santoro e Marilu Sidnei Braga
Foram as primeiras a operar os trens do Metrô de São Paulo, em 1986.

Maria Lenk
Foi a primeira e única atleta sul-americana a participar da Olimpíada de Los Angeles, EM 1932. Ela também foi a primeira diretora da Escola Nacional de Educação Física, no Rio de Janeiro e a primeira a participar do Conselho Nacional de Desportos. Em 1987 foi, mais uma vez, a primeira mulher da América do Sul a entrar para o International Swimmin Hall of Fame, o corredor da fama da natação mundial, em Lauderdale, Miami.

Maria Lydia
Foi a pioneira em comentários de notícias, em 1979, Jornal da Manhã na Jovem Pan.

Marilena Chiarelli
Da Rede Globo, foi a primeira repórter de TV na política.

Marta Rocha
Foi nomeada para uma chefia de polícia pela primeira vez em 1993, no Rio de janeiro, e enfrentou a resistência dos colegas.

Mary Dalva Proença
Foi a primeira brasileira a competir por saltos ornamentais, em Melbourne, na Austrália, em 1956.

Nélida Cuiñas Piñon
Foi a primeira mulher a assumir a presidência da Academia Brasileira de Letras.