Novo Livro O Guia dos Curiosos - Edição Fora de Série

“O Homem de Seis Milhões de Dólares” colocou a palavra “biônico” no nosso vocabulário

3 de junho de 2020

“O Homem de Seis Milhões de Dólares” estreou no Brasil em 1973, inicialmente apenas no Rio de Janeiro,  com o nome de “Cyborg”, pela TV Tupi. No ano seguinte, de forma simultânea, ele passou a  ser exibido também em São Paulo pela TV Bandeirantes, mas com o nome de “Cyborg: O Homem de Seis Milhões de Dólares”.

O seriado foi baseado no romance “Cyborg”, de 1972, do americano Martin Caidin (1927-1997). O termo junta “cyber”, de cibernética, e “org” de organismo. Um organismo cibernético seria a melhor tradução.

O protagonista era o coronel Steve Austin, astronauta e piloto, interpretado por Lee Majors. Tempos depois, ele também faria sucesso com “Duro na Queda”.

O cão biônico ficou para “A Mulher Biônica”

Ao testar um avião experimental, o coronel Steve Austin se acidenta e fica gravemente ferido. Ele perde um olho, as duas pernas e um braço. Uma agência secreta do governo (O.S.I.) está disposta a pagar por próteses especiais de tecnologia altamente avançada, chamada de biônica. Essas próteses, incorporadas a Steve, iriam fazer com que ele fosse mais forte e mais rápido que o normal. O custo para reconstruir o coronel Steve Austin era de 6 milhões de dólares, daí o nome. Em troca, a OSI deseja que Steve Austin se torne um agente secreto da organização.

Os produtores haviam previsto a criação de um cão biônico; coisa que acabou não acontecendo. Lee Majors foi contra a ideia. Por isso, o cão biônico acabou sendo usado em outro seriado, “A Mulher Biônica” (1976-1978), uma espécie de spin-off de  “O Homem de Seis Milhões de Dólares”. A principal característica de Jaime Sommers, a Mulher Biônica, era sua super audição.

Apesar de ter sido criada em 1960 pelo médico Jack Steele, coronel da Força Aérea Americana, a palavra “biônico” demorou a entrar no vocabulário dos brasileiros. O seriado ajudou bastante em sua popularização.  Em 1977, o então presidente, general Ernesto Geisel, editou um pacote que determinava que 1/3 dos senadores da República deveriam ser indicados pelo presidente e eleitos de forma indireta. Era um jeito discreto de garantir a hegemonia do governo no Senado. Os senadores indicados de forma indireta passaram a ser chamados de “biônicos”.

Leia também: A Mulher Biônica foi casada com o Homem de Seis Milhões de Dólares?

Quanto valeria o Homem de Seis Milhões de Dólares atualmente?

Usando como base de referência a data de estreia do seriado nos Estados Unidos (7 de março de 1973), o ciborgue custaria nos dias atuais 35,5 milhões de dólares (cotação em 02/06/20). O seriado teve 99 episódios em cinco temporadas (1973 a 1978).

Magalhães Júnior, especial para o “Você é Curioso?” (06/06/2020)

Na sonora 1 vamos ouvir a abertura do seriado, que tinha como caraterística apresentar o acidente de Steve Austin e depois a decisão de transformá-lo num homem biônico.

Na sonora 2 você vai relembrar a cena em que Steve Austin, ainda tentando se ajustar aos seus membros biônicos, conversa por telefone com o médico, dr. Rudy Wells. Steve Austin foi dublado na primeira temporada por Jorge Ramos e o dr. Rudy dublado, por Jomery Pozzoli.

Na sonora 3 notamos que a voz dublada de Steve Austin mudou no meio do seriado. Na segunda temporada, ela passaria a ser feita por André Filho, o mesmo dublador de Colt Seavers, em “Duro na Queda”. Na cena a seguir,  Austin contracena com Oscar Goldman, uma espécie de criador do ciborgue, dublado por Maurício Barros.

Esta página contém links de afiliados. Ao fazer uma compra por um desses links, o Guia dos Curiosos recebe uma comissão e você não paga nada a mais por isso.

Artigos Relacionados

O primeiro beijo em novelas

O primeiro beijo em novelas

Durante 68 anos, a história da TV brasileira registrou que o primeiro beijo em telenovelas no Brasil aconteceu no último capítulo de "Sua Vida Me Pertence", exibido em 15 de fevereiro de 1952, na TV Tupi. A primazia coube ao casal Wálter Foster e Vida Alves. A novela...

Os programas de culinária pioneiros da TV brasileira

Os programas de culinária pioneiros da TV brasileira

O primeiro programa de culinária da TV brasileira foi apresentado pelo mestre-cuca (ainda não se usava o francês chef) Francisco Ribeiro Wright, mais conhecido como Chico Wright. A estreia aconteceu em 18 de setembro de 1955, na TV Rio. O programa não tinha um nome....

1 Comentários

1 Comentário

  1. Delgado

    Pelo que lembro estreou em 1973, na Globo.

    Responder

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Share This