Novo Livro O Guia dos Curiosos - Edição Fora de Série

10 curiosidades sobre Dom Pedro I

24 de abril de 2019

1. D. Pedro I nasceu às 6h30 da manhã de 12 de outubro de 1798. Morreu, aos 36 anos, em 24 de setembro de 1834, no mesmo quarto onde nasceu, no Palácio de Queluz, em Portugal. O quarto se chamava Dom Quixote.

2. O nome completo de d. Pedro I parece chamada de uma classe inteira. É Pedro de Alcântara Francisco Antônio João Carlos Xavier de Paula Miguel Rafael Joaquim José Gonzaga Pascoal Cipriano Serafim de Bragança e Bourbon.

3. Francisco Gomes da Silva, o Chalaça, era o secretário particular de Dom Pedro I. Esteve presente em importantes acontecimentos, como a proclamação da Independência, escreveu a primeira Constituição e dissolveu a primeira Assembleia Constituinte. Intermediava também os casos extraconjugais do imperador.

4. O imperador comia com as mãos. Temendo ser considerada esnobe, Leopoldina abandonou os talheres que usava na Europa.

5. Dom Pedro foi aclamado imperador em 12 de outubro de 1822 numa cerimônia no Campo de Santana (atual Praça da República), no Rio de Janeiro. Numa missa realizada em 1º de dezembro do mesmo ano, recebeu a coroa imperial, benzida com óleo santo, numa cerimônia que havia sido abolida pelos portugueses. Ele foi influenciado pela sagração e coroação de Napoleão Bonaparte, em 1804. Pela constituição de 1824, o cargo passou a se chamar Imperador Constitucional e Defensor Perpétuo do Brasil.

Livro explica como foi essa tal Proclamação da República.

6. Dentre as paixões de D. Pedro I estavam a equitação e a música. Ele era compositor, tendo composto, entre outras coisas, o Hino da Independência do Brasil e o que até 1920 foi o Hino Nacional de Portugal.

7. Ele era fluente em três idiomas: inglês, francês e português. E ainda tinha um bom domínio sobre o alemão.

8. Seu primeiro casamento, com Carolina Josefa-Leopoldina, foi feito através de uma procuração, antes mesmo dos noivos se conhecerem pessoalmente.

9. No famoso 7 de setembro de 1822, quando foi proclamada a Independência, D. Pedro I estava com diarréia. E ao contrário do que mostram as pinturas, não estava montado sobre um belo cavalo branco, mas sim sobre um pequeno e desgastado burrinho.

10. D. Pedro I morreu em Portugal aos 36 anos vítima de uma tuberculose. O quarto onde veio a falecer foi o mesmo onde nasceu e carregava o nome de Dom Quixote, o sonhador cavaleiro do livro homônimo de Miguel de Cervantes.

Esta página contém links de afiliados. Ao fazer uma compra por um desses links, o Guia dos Curiosos recebe uma comissão e você não paga nada a mais por isso.

Artigos Relacionados

0 Comentários

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Share This