Novo Livro O Guia dos Curiosos - Edição Fora de Série

Shopping center na Suécia vende apenas produtos reciclados

19 de abril de 2017

Um shopping center feito para comercializar exclusivamente produtos usados. Parece esquisito, mas existe e fica em Eskilstuna, na Suécia. O projeto da ReTuna Recycling Galleria completa dois anos em agosto deste ano e traz a inovadora proposta como uma forma de conscientizar e reeducar a população quanto ao uso e o descarte de objetos.
Apesar da arquitetura ser bem mais modesta que a de um shopping center convencional, a ReTuna tem suas semelhanças com esses empreendimentos tão comuns nas maiores cidades do mundo: uma pequena “praça de alimentação”, por exemplo, serve apenas produtos com certificado orgânico. Já o Centro de Convenções pode ser alugado para debates sobre a reutilização consciente do que se compra.

Suécia tem shopping que vende apenas produtos usados

Quem pretende entender melhor a ideia antes de ir às compras pode aproveitar um tour guiado pelas unidades que recebem os produtos doados pelas pessoas. Lá, o modelo de negócios é explicado em todos os detalhes. A estrutura conta ainda com uma oficina de reparos para prolongar a vida útil de tudo o que chega até ali.
A variedade é outra característica que se assemelha à dos shopping centers. Claro que não há espaço para lojas de grife, mas o cliente pode encher sua sacola com produtos que vão desde estofados para a mobília até aparelhos eletrônicos.
São duas lojas de utensílios para o lar e outras oito, cada uma com um segmento específico: roupas e móveis, artigos esportivos e camping, móveis, produtos eletrônicos, materiais de construção, roupas e brinquedos para bebês, galeria de arte e baús. Boa parte delas também faz entregas a domicílio.
As promoções também são constantes. Elas costumam acontecer às segundas-feiras, quando os descontos podem bater até a casa dos 25%.

Esta página contém links de afiliados. Ao fazer uma compra por um desses links, o Guia dos Curiosos recebe uma comissão e você não paga nada a mais por isso.

Artigos Relacionados

0 Comentários

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Share This