Arthur Friedenreich

O Guinness Book (o livro dos recordes) e a Fifa reconhecem os 1.329 gols marcados em 26 anos de futebol por Arthur Friedenreich, atacante do Germânia, do Ypiranga, do Wanderers, do Paulistano, do São Paulo da Floresta e do Flamengo, entre 1909 e 1935.

É pouco provável, no entanto, que ele tenha alcançado esta marca em uma época em que os jogos eram realizados apenas nos finais de semana e o número de clubes disputantes dos campeonatos era reduzido.

Já os 1.284 gols de Pelé, marcados entre 1956 e 1977, estão todos documentados, com data, adversário e local em que foram marcados.

Fried doou todos os troféus que havia conquistado para a Revolução de 1932. Mas um troféu guardou até o fim da vida. Ele foi conquistado em 1921, em Buenos Aires, quando o Paulistano venceu o River Plate com um gol dele. Os argentinos atearam fogo à bandeira brasileira. Fried apagou o fogo e guardou a bandeira chamuscada.