Novo Livro O Guia dos Curiosos - Edição Fora de Série

A tocha no Brasil

24 de abril de 2019

  1. A primeira visita da tocha olímpica ao Brasil ocorreu em 13 de junho de 2004. Ela desembarcou no Rio de Janeiro às 6h42, vinda da Cidade do Cabo (África do Sul). Essa foi também a primeira vez em que a chama passou pela América Latina.
     
  2. O avião que trouxe a tocha ao país se chamava Zeus. O Brasil foi sua nona escala – em 35 dias, estava previsto que ela percorresse 33 cidades de 26 países dos cinco continentes, totalizando 1.500 quilômetros rodados. Cerca de 3.600 pessoas seguraram a tocha ao longo do percurso.
     
  3. A euforia do momento fez com que os fotógrafos e cinegrafistas que aguardavam a chegada de Zeus no aeroporto do Galeão (Rio de Janeiro) confundissem um avião da companhia Iberia com a aeronave olímpica. Ao todo, 124 pessoas participaram do revezamento brasileiro, que cobriu 49 quilômetros e passou por 55 ruas da cidade.
     
  4. Durante o percurso, a chama se apagou 3 vezes: às 14h01, com o nadador Ricardo Prado; às 15h21, nas mãos do nadador Gustavo Borges; e às 16h30, na posse da apresentadora Xuxa.
     
  5. O primeiro brasileiro a receber o uniforme do revezamento foi o técnico de futebol Zagallo. Mas a honra de transportar a tocha pela primeira vez em solo tupiniquim ficou a cargo do jogador de futebol Pelé. Muito emocionado, ele deixou o estádio do Maracanã, onde teve início o cerimonial, ao som do coro “Sou brasileiro, com muito orgulho, com muito amor” entoado pela multidão.
     
  6. A ginasta Daiane dos Santos foi quem empunhou por último a tocha. Antes dela, o jogador de futebol Ronaldo acendeu a pira instalada no Aterro do Flamengo.
     
  7. A primeira lista da ordem da corrida continha os nomes reais de algumas celebridades participantes. O ator Tony Ramos virou Antônio Barbosa; a apresentadora Daniela Cicarelli, Daniela Lemas; e a médica Zilda Arns, Zilda Neumann.
     
  8. No revezamento, a psicóloga Tatiana Rolin e o músico Marcelo Yuka, do Rappa, levaram a tocha de cadeira de rodas. O iatista Lars Grael, de muletas.
     
  9. O jogador de vôlei Maurício acabou sendo dispensado do jogo da Seleção Brasileira contra a Espanha na Liga Mundial para poder integrar o revezamento.
     
  10. Houve duas trocas de posição na escala do revezamento. O jogador de basquete Oscar Schmidt carregou a tocha pela rua Haddock Lobo em vez de transporta-lá no bondinho do Pão de Açúcar. A comissão também trocou o trecho da apresentadora Daniela Cicarelli, que previamente correria pelo bairro da Tijuca, mas acabou cobrindo uma parte de Copacabana. A substituição foi feita a pedido de seu então namorado, o jogador Ronaldo.
     
  11. Metade dos seguranças que protegiam a chegada da tocha ao Aterro do Flamengo deixaram seus postos para ver o show da cantora Ivete Sangalo. Depois de pularem ao som da música “Poeira”, reassumiram suas funções.

Livro traz curiosidades sobre os Jogos Olímpicos.

Esta página contém links de afiliados. Ao fazer uma compra por um desses links, o Guia dos Curiosos recebe uma comissão e você não paga nada a mais por isso.

Artigos Relacionados

0 Comentários

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Share This