USAIN BOLT

Usain St. Leo Bolt nasceu no dia 21 de agosto de 1986, em Sherwood Content, uma pequena cidade na Jamaica.

O jamaicano tem 1,96 metro de altura e pesa 86 quilos.

Várias universidades dos Estados Unidos ofereceram bolsas de estudos para o jovem Bolt treinar em suas dependências. Ele recusou todas e resolveu treinar em Kingston, capital da Jamaica.

Bolt foi o mais jovem corredor a ganhar um Campeonato Mundial Júnior. Aconteceu em 2002, quando ele tinha 15 anos.

Seu patrocinador de material esportivo, a Puma, fechou o contrato com ele em 2003, aos 16 anos. Bolt foi o mais jovem atleta a assinar com a Puma.

Aos 17, se tornou o primeiro corredor da categoria Júnior a correr os 200 metros abaixo de 20 segundos. Ele fez 19s93.

Bolt quebrou o recorde dos 100 metros pela primeira vez em 31 de maio de 2008, no Reebok Grand Prix, em Nova York, nos Estados Unidos. Ele fez o percurso em 9s72, batendo o recorde de seu compatriota Asafa Powell.

O jamaicano se tornou o primeiro corredor a bater os recordes de 100 metros, 200 metros e 4×100 metros nos mesmos Jogos Olímpicos. Aconteceu em Pequim, na China, em 2008. Nos 100 e 200 metros, ele fez, respectivamente, 9s69 e 19s30. Na prova de revezamento, correu com Asafa Powell, Michael Frater e Nesta Carter, e marcou 37s10. Aconteceu em Pequim, China, em 2008.

Na final olímpica no dia 16 de agosto de 2008, em Pequim, China, mais um recorde dos 100 metros. Correndo na raia quatro, Bolt cravou 9s69. Quando ainda faltavam 15 metros para o final da prova, Bolt abriu os braços, comemorando. O gesto virou motivo de brincadeira em várias publicações no dia seguinte.

Exatamente um ano depois da vitória em Pequim, em 16 de agosto de 2009, durante o Campeonato Mundial de Atletismo, Usain Bolt quebrou mais um recorde nos 100 metros. Marcou 9s58. Foi a maior diferença registrada de um recorde para outro desde 1968.

Mesmo quebrando a marca, Bolt teve a terceira pior partida dentre os participantes, saindo da raia apenas 0s146 depois do disparo.

Quando quebrou o recorde dos 100 metros pela terceira vez, em Berlim, Bolt deu 42 passadas. Isso equivale a aproximadamente 2,30 metros por passo. Na prova, ele manteve uma velocidade média de 37,6 km/h, e chegou a 41,8 km/h.

Um dia antes de completar 23 anos, Bolt quebrou o recorde dos 200 metros mais uma vez. Com 19s19, o corredor se tornou o primeiro a ser campeão olímpico e mundial das provas de 100 e 200 metros. Mesmo assim, esnobou: “Não foi uma boa prova, mas foi veloz”.

Livro mostra diversas curiosidades sobre os Jogos Olímpicos.