O Patinho Feio, A Roupa Nova do Imperador, A Pequena Sereia: essas histórias, conhecidas por crianças do mundo inteiro, são apenas algumas obras escritas pelo grande homenageado dessa data, o escritor dinamarquês Hans Christian Andersen. Nascido na cidade de Odense, no dia 2 de abril de 1805, ele é considerado o maior autor de histórias infantis de todos os tempos. Por isso, a data foi escolhida para a comemoração do Dia Internacional do Livro Infantil. A International Board on Books for Young People, organização que promove a literatura infantil, todos os anos oferece o “Hans Christian Andersen”, considerado o Prêmio Nobel do gênero. Já foram premiados três brasileiros: Lygia Bojunga, em 1982; Ana Maria Machado, em 2000; e o ilustrador Roger Mello, em 2014. Andersen morreu no dia 4 de agosto de 1875.

No Brasil, a data é comemorada em 18 de abril, em homenagem ao escritor Monteiro Lobato. Criador dos personagens Pedrinho, Narizinho e Emília, entre outros que fazem parte de “O Sítio do Pica-pau Amarelo”, ele marcou a literatura infantil no país. Monteiro Lobato nasceu em 18 de abril de 1882.