Diversas entidades farmacêuticas paulistanas se reuniram em São Paulo (SP) em 1985 e escolheram o dia 5 de agosto, data de nascimento de Rodolpho Albino Dias da Silva, o criador da 1ª farmacopéia brasileira, para homenagear a categoria. Em 1988, solicitou-se ao Conselho Federal de Farmácia (CFF) que as festividades fossem transferidas para o dia da fundação da Associação Brasileira de Farmácia, que ocorreu naquele mesmo ano. Por isso, apesar da data oficial ser 5 de agosto, o Dia do Farmacêutico é comemorado em 20 de janeiro.