Dia 23 de junho é o Dia Internacional da Mulher na Engenharia, mais uma data criada para incentivar a presença feminina nas chamadas ciências exatas.

A Mauricio de Sousa Produções homenageou Enedina Alves Marques (1913-1981), primeira mulher negra a se formar em Engenharia no Brasil. Essa arte faz parte do projeto “Donas da Rua da História”, que traz visibilidade a grandes nomes de meninas e mulheres que fizeram a diferença.

A adolescência de Enedina foi marcada pelo trabalho doméstico em casas de famílias. Em 1931, aos 18 anos, se diplomou professora normalista, profissão comum entre as mulheres até o final da Segunda Guerra Mundial. Depois disso, a professora Enedina desafiou os padrões acadêmicos e sociais e foi aluna de engenharia Civil da Faculdade de Engenharia do Paraná. Diplomou-se em 1945, aos 32 anos.