Novo Livro O Guia dos Curiosos - Edição Fora de Série

12 febres adolescentes

24 de abril de 2019

1. The Beatles
É provável que os Beatles tenham sido a maior febre adolescente de todos os tempos. A banda estourou nos anos 60, mas até hoje é considerada a mais influente do século XX. A popularidade dos garotos de Liverpool era tão alta que, em 1966, John Lennon chegou a declarar que sua banda era mais conhecida que Jesus Cristo.

2. Punk
As roupas tinham aparência agressiva, ornamentadas por itens sadomasoquistas, pregos, pinos, rasgos e retalhos. Mas, mais que um estilo de música e moda, foi um movimento social que surgiu na Inglaterra para questionar os valores sociais vigentes. Em 1975, surgiu a banda Sex Pistols, que usava roupas com suásticas nazistas, símbolos comunistas, acessórios sadomasoquistas, tudo ao mesmo tempo. A ideia era debochar mesmo da cultura e da política daquele momento. No Brasil, a primeira banda foi Restos de Nada, formada em 1978, que fazia músicas para protestar contra a ditadura militar.

3. Mullets
O corte de cabelo curto na frente e comprido atrás era o último grito da moda nos anos 80. Surgiu com o roqueiro Ziggy Stardust (David Bowie) nos anos 70, mas ganhou força mesmo na década seguinte.

4. Clubbers
Foi um movimento contrário ao Punk, pois não havia engajamento social. O objetivo era mesmo se divertir. Os clubbers eram os adeptos a música eletrônica (Techno, Trance, Trip-Hop, House, Jungle) e a vida noturna das festas rave. A aparência era extravagante: roupas coloridas, estampas de desenhos japoneses, acessórios com estrelas, brilhos, piercings e cabelos com cores diferentes, como roxo ou verde.

5. Emo
O temo surgiu nos Estados Unidos para se referir a uma nova geração de bandas de “hardcore emocional” em meados dos anos 80. No Brasil, a moda começou a se espalhar por volta de 2003. As músicas das bandas consideradas emos, como NZ Zero e Fresno, são marcadas pelas letras tristes, melancólicas. E os adolescentes incorporaram essa onda. Os emos tinham franjas compridas, caídas sobre os olhos cheios de maquiagem preta. O cabelos eram coloridos. As roupas, pretas e/ou listradas. Para os pés, a moda era o tênis All-Star.

6. Happy Rock
As franjas sobre o rosto ficaram, mas os emos pararam de chorar. O termo “happy rock” foi inventado pelos integrantes da banda Restart. Por isso, os adolescentes que seguiam a moda dos óculos enormes e roupas multicoloridas se auto-denominaram “família Restart”. Outras bandas do gênero são Cine e Replace. Também faz parte da moda fazer corações com as mãos: primeiro, é preciso unir os dedos correspondentes (indicador com indicador, médio com médio, etc). Depois, todos os dedos ficam curvados para baixo, exceto os polegares. 

7. Menudos
Nos anos 80, as meninas adolescentes só tinham um assunto: Menudos! Cada integrante da banda porto-riquenha tinha um fã clube oficial. Os rostos dos meninos estampavam broches, agendas, revistas e pôsteres. A banda influenciou o surgimento de outros sucessos como Polegar e Dominó.

8. Harry Potter
É uma das raras febres adolescentes que começaram com um livro, lido por milhões de jovens ao redor do mundo. Depois que chegou ao cinema, o bruxinho conquistou ainda mais fãs. O personagem leva as meninas à histeria do jeito que as boybands dos anos 90 faziam.

9. High School Musical
A série foi criada pelo canal Disney Channel, e rapidinho conquistou as crianças e adolescentes. Em 2008, o grupo veio ao Brasil. Os preços dos ingressos para os shows chegavam a 600 reais, mas nem isso desanimou o público: muitos fãs ficaram sem ingressos.

10. Crepúsculo
Assim como Harry Potter, esta febre adolescente começou com um livro. O enredo, que trata dos temas amor e medo, envolveu uma geração inteira. O primeiro filme da saga custou 37 milhões de dólares, mas em 3 semanas de exibição já tinha arrecadado 150 milhões. Nos cinemas, ouviam-se gritos histéricos todas as vezes que o vampiro interpretado por Robert Pattinson surgia nas telas.

11. Beyblade
O Beyblade é uma espécie de peão japonês surgido no final do século XX. A popularidade aumentou consideravelmente a partir de 2002, quando a Hasbro aproveitou uma série homônima para lançar uma linha do brinquedo. O brinquedo era usado em batalhas onde cada um lançava um Beyblade com o intuito de parar o brinquedo do oponente. Com o tempo, a febre passou.

12. Spinners
Os spinners conquistaram as crianças e os adolescentes no início de 2017. O fidget spinner, além de ser um brinquedo, foi promovido por supostas funções terapêuticas não comprovadas, como por exemplo ajudar os mais ansiosos a controlarem esse problema. Com três lâminas giratórias, a criação de Catherine Hettinger tem se espalhado pelas escolas do mundo todo.

Esta página contém links de afiliados. Ao fazer uma compra por um desses links, o Guia dos Curiosos recebe uma comissão e você não paga nada a mais por isso.

Artigos Relacionados

Por que o céu é azul?

Por que o céu é azul?

A razão pela qual o céu é azul está relacionado em como a luz do sol é espalhada pelas moléculas que nós temos na nossa atmosfera. Na verdade, a luz do sol tem vários comprimentos de onda, tem várias cores, então a emissão do sol é emissão em banda larga com várias...

A profissão de secretária

A profissão de secretária

A palavra “secretária” vem do latim e deriva dos seguintes termos: Secretarium e secretum (retiro, lugar retirado); Secreta (particular, segredo). A ideia é que as secretárias sejam pessoas que guardem segredos. Os primeiros registros da profissão de que se tem...

0 Comentários

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Share This