Curiosidades da história dos quadrinhos no Brasil

11 de agosto de 2020
  1. O primeiro personagem brasileiro foi Nhô Quim, que apareceu na revista “Vida Fluminense” em 30 de janeiro de 1869. Seu autor, Angelo Agostini, italiano radicado no Brasil, era também especialista em fazer caricaturas de dom Pedro II.
  2. Em 14 de dezembro de 1937, Manuel Araújo Porto-Alegre publicou o primeiro cartoon brasileiro.
  3. A primeira revista infantil que surgiu no Brasil chamava-se “O Tico-Tico”. Ela apareceu no dia 11 de outubro de 1905. As histórias de Chiquinho e seu cachorro Jagunço, criação de um trio de americanos, ficaram bastante populares. Mas os dois acabaram superados pelo trio Reco-Reco, Bolão e Azeitona, de Luís Sá. “O Tico-Tico” acabou no final da década de 1950.
  4. A explosão dos quadrinhos no Brasil aconteceu com o “Suplemento Juvenil” e a criação do personagem Roberto Sorocaba, desenhado por Monteiro Filho. O sucesso do periódico inspirou a criação de muitos outros: “Globo Juvenil”, “O Mirim”, “O Gibi”, “O Gury” e “O Lobinho”.
  5. Alguns heróis que surgiram no Brasil eram cópias descaradas dos heróis americanos. O Morcego, por exemplo, era uma mistura de Batman com Fantasma. O Bola de Fogo parecia irmão gêmeo do Tocha Humana.
  6. “A Turma do Pererê”, de Ziraldo, foi a primeira revista de história em quadrinhos feita por um só autor a ser publicada no Brasil. A figura do Pererê é inspirada no saci. Seus amigos são a onça Galileu, o tatu Pedro Vieira, o jabuti Moacir Floriano, o macaco Alan Viviano, a coruja General Nogueira e o coelho Geraldinho Alves. Há ainda o caçador Compadre Tonico, o fazendeiro Neném e a Boneca de Piche, namorada de Pererê, além dos índios Tininim e Tuiuiu.
  7. Mauricio de Sousa criou o cachorrinho Bidu quando era repórter policial. A primeira história com o nome Bidu saiu no extinto “Folha da Tarde”, de São Paulo, em 18 de julho de 1959. Seu personagem mais famoso, Mônica, foi criado em 1963. Ela estreou na tira número 18 do Cebolinha, como a irmã do personagem Zé Luís. Mas fez tanto sucesso que ganhou uma revista própria em 1970.

Leia também:
Curiosidades sobre quadrinhos brasileiros
A origem do Dia do Quadrinho Nacional (30/01)

Artigos Relacionados

40 curiosidades sobre mulheres nas novelas

40 curiosidades sobre mulheres nas novelas

Rosamaria Murtinho estrelou um dos primeiros grandes sucessos das novelas diárias com A moça que veio de longe (1964). Ela fez par romântico com o galã Hélio Souto. Em Pigmalião 70 (1970), Tônia Carrero, no papel da milionária Cristina, lançou a moda do cabelo...

0 Comentários

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Share This