CINEMA PORNÔ

O primeiro filme erótico foi o “O Deitar da Esposa”, do diretor francês Eugène Pirou. A produção de 1896 possuía apenas 3 minutos.

Já as primeiras cenas de sexo no cinema apareceram no também francês “O Bom Albergue”, de 1908.

Cenas de sexo explícito mesmo só surgiram no início do século XX. Nos anos 20, os filmes pornôs eram usualmente rodados em bordéis.

Um dos primeiros filmes a ser exibido no circuito comercial foi o documentário sueco “Eles Nos Chamam de Desajustados”, de 1967.

A difusão do cinema pornô começou em 1970, nos Estados Unidos, graças a medidas que garantiam maior liberdade de produção e a instituição da classificação de filmes por faixa etária.

Alguns filmes dessa época acabaram se tornando famosos, como “Garganta Profunda”, “O Garanhão Italiano” (que lançou ao estrelato Silvester Stallone),”Atrás da Porta Verde” e “O Diabo na Senhora Jones”, uma superprodução para a época.

O diretor de “Garganta Profunda” (1972), Gerard Damiano, morreu em 25 de outubro de 2008, aos 80 anos. Sua obra cinematográfica mais famosa custou apenas 25 mil dólares e foi filmada em 6 dias, mas tornou-se um marco cultural e um clássico do cinema pornô.