Novo Livro O Guia dos Curiosos - Edição Fora de Série

Curiosidades sobre Eduardo Saverin

24 de abril de 2019

Um dos fundadores do Facebook, Mark Zuckerbergé paulistano, nascido em 19 de março de 1982, filho de Roberto e Sandra Saverin.

Eugênio Saverin, avô de Eduardo, era alemão, e chegou ao Brasil como refugiado. Em 1952, ele fundou a grife infantil Tip Top, sendo um dos primeiros a comercializar macacões para crianças no país. Em 1987, a empresa foi vendida para o grupo TDB.

Em 1993, Eduardo foi morar em Miami, nos Estados Unidos. O motivo da mudança foi seu pai ter descoberto que, devido à riqueza da família, o filho estava na lista dos brasileiros mais prováveis de serem sequestrados.

O garoto estudou em uma escola preparatória para a Harvard, chamada Gulliver Schools. Lá também estudava Blake Ross, criador do navegador Mozilla Firefox.

Em 2003, Saverin ingressou no curso de Economia da Universidade de Harvard, onde conheceu Mark Zuckerberg, estudante de Ciência da Computação. Em 2004, a dupla fundou o “The Facebook”, que mais tarde se tornaria a maior rede social do mundo.

O primeiro investimento de Eduardo no Facebook foi de mil dólares, para a compra de servidores, na época em que a rede social ainda era restrita aos alunos da Harvard.

Os atritos entre Saverin e Zuckerberg começaram com divergências quanto ao destino da rede social. Enquanto Zuckerberg prezava pelo aumento do número de usuários, Saverin desejava valorizar a receita do site, com a abertura de espaços publicitários.

Sem chegar a um acordo, o brasileiro largou o negócio e voltou a se concentrar em seus estudos. Ele se formou no curso da Harvard “com altas honras”, título baseado em notas. Trata-se de um nível intermediário entre “com honras” e “com máximo louvor”.

Saverin fazia parte da Associação de Investidores de Harvard. Ainda na graduação, chegou a ganhar 300 mil dólares ao negociar petróleo.

Em 2005, o Facebook processou Eduardo Saverin, alegando interferência dele nos negócios da empresa à qual ele não mais fazia parte. A participação do brasileiro nos ganhos totais caiu de 30% para menos de 0,3%, o que o estimulou a processar a rede social de volta. Em 2009, um acordo garantiu-lhe 5% dos lucros da empresa. Depois disso, Eduardo vendeu metade de sua parte, ficando com 2,5%.

Eduardo está listado no próprio Facebook como um de seus fundadores. Segundo o site, seu papel foi administrar o desenvolvimento de negócios e seus aspectos comerciais nos primeiros anos da rede social.

O brasileiro tem dois perfis no Facebook: um pessoal e um público. No pessoal, admite gostar dos filmes “Anjos e Demônios”, “Karatê Kid” e “This is It”, sobre a última turnê de Michael Jackson. Além disso, diz ser fã da Oprah Winfrey e do programa jornalístico norte-americano “60 Minutes”.

Segundo a revista “Forbes”, Saverin é o 356º homem mais rico do mundo, com fortuna estimada em 1,15 bilhão de dólares. Com a abertura pública do capital do Facebook, seu patrimônio pode chegar a 2,5 bilhões de dólares. Se ainda detivesse 30% da empresa, poderia atingir os 30 bilhões de dólares.

 

Esta página contém links de afiliados. Ao fazer uma compra por um desses links, o Guia dos Curiosos recebe uma comissão e você não paga nada a mais por isso.

Artigos Relacionados

0 Comentários

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Share This