Novo Livro O Guia dos Curiosos - Edição Fora de Série

Padres cantores

24 de abril de 2019

1. Padre Zezinho
Pioneiro entre os “padres cantores”, José Fernandes de Oliveira nasceu no dia 8 de junho de 1941, em Machado, Minas Gerais. Ordenado em 1966, o padre apresenta programas na rádio e na televisão.

O cantor Roberto Carlos fez uma versão da música “Oração da Família”, de autoria do padre. Ele começou a compor em 1964, e foi o primeiro padre cantor.

2. Padre Marcelo Rossi
A agitação da missa do Padre Marcelo Rossi assemelha-se a uma aula de aeróbica — é o que ele mesmo chama de “aeróbica do Senhor”.

Nascido no dia 20 de maio de 1967 e ordenado em 1º de dezembro de 1994, o padre paulistano ficou famoso no final dos anos 90 por suas missas animadas e pelo sucesso do álbum “Músicas para Louvar ao Senhor”, que vendeu 4 milhões de cópias. Padre Marcelo Rossi é formado em Educação Física e tem 1,96 metro de altura. Tragédias pessoais motivaram sua ordenação religiosa. Em 1988, um primo morreu em um acidente de carro e pouco depois, foi descoberto um tumor maligno no cérebro de uma tia.

O padre também lançou os álbuns “Um presente para Jesus” (1999), “Canções para um Novo Milênio” (2000), “Paz” (2001) e “Anjos” (2002). Participações no cinema também fazem parte da carreira do padre: em “Maria, Mãe do Filho de Deus” (2003) e “Irmãos de Fé (2004).

Fã confesso de Roberto Carlos, Padre Marcelo Rossi recebeu permissão para regravar as músicas religiosas do cantor. “Padre, acredite, eu tenho certeza de que você vai fazer um trabalho muito lindo”, disse o Rei. As músicas de Roberto Carlos saíram no no disco “Paz” (2001).

Em 2008, a juíza Cristina de Araújo Góes Lajchter não aceitou o pedido do cantor Belo de sair da prisão para participar de um show do Padre Marcelo Rossi. A saída encontrada foi a gravação de um vídeo em que Belo cantou a música “Noites Traiçoeiras”.

3. Padre Fábio de Melo
Além da vida religiosa, acumula as funções de escritor, poeta, músico e professor universitário.

Padre Fábio de Melo nasceu no dia 3 de abril de 1971, em Formiga, Minas Gerais. É o caçula de oito filhos. Foi ordenado no dia 15 de dezembro de 2001. Além de músicas religiosas, o repertório do padre tem músicas de Geraldo Vandré e da dupla Toquinho e Mutinho. Seus CDs já venderam cerca de 1 milhão de exemplares.  

4. Padre Antônio Maria
Descendente de portugueses, Padre Antônio Maria nasceu no dia 17 de agosto de 1945, no Rio de Janeiro.  Quando era adolescente, frequentava os programas de auditório da Rádio Nacional e era fã da Jovem Guarda de Roberto Carlos, que mais tarde participou do álbum ao vivo do padre, “A Festa da Fé”.

Conhecido como “Padre dos Artistas”, Antônio Maria celebrou o casamento de Alexandre Pires e do casal Angélica e Luciano Huck

5. Padre Zeca
Carioca do Leblon, Padre Zeca ficou conhecido pelo movimento “Deus é Dez”, famoso entre a juventude católica do Rio de Janeiro.
 
Padre Zeca entrou no seminário com 18 anos e foi ordenado padre aos 25. Voltou a ser conhecido como José Luiz Jansen de Mello Neto em janeiro de 2007, quando pediu licença das suas funções sacerdotais pela primeira vez em 12 anos.

6. Padre Hewaldo Trevisan
Padre Hewaldo Trevisan gosta de dizer que “eu sou o contrário, primeiro gravei discos como músico, para depois virar padre.”

Ele explica: “Sou um cantor profissional. Me formei em música e já cantei muito em bailes. Adorava bolero, música romântica, Gilberto Gil, Caetano Veloso“.

Nasceu no interior de São Paulo, na cidade de Campo Limpo Paulista. Aluno do também cantor Padre Zezinho, foi ordenado em 19 de janeiro de 1991. O “Padre da Família Sertaneja” já gravou discos com Edson e Hudson, Rick e Renner, Bruno e Marrone e é conhecido por fazer shows de abertura de rodeios e festas agropecuárias.

Ator e amigo do diretor Jayme Monjardim, Padre Hewaldo participou da minissérie “Maysa — Quando Fala o Coração“, no papel do jesuíta Padre Moutinho. Na vida real, Padre Hewaldo celebrou o casamento do diretor com a cantora Tânia Mara.

 7.Padre Juarez de Castro
Nascido em Lavras, Minas Gerais, Juarez de Castro se tornou padre em 1995. Ele apresenta todos os dias um programa de rádio, e semanalmente um de televisão. Também colabora com o “Mulheres”, da “TV Gazeta”.

Seu primeiro CD, “Deus Está Aqui”, foi indicado ao prêmio Grammy Latino, para a categoria “Melhor Música Cristã”.

8. Padre Reginaldo Manzotti
Reginaldo Manzotti é o caçula de seis filhos, e nasceu em 25 de abril de 1970, em Paraíso do Norte, Paraná. Ele é formado em filosofia e teologia.

Com três CDs lançados, Padre Manzotti vendeu 180 mil cópias. “Tenho uma missão que é a de atingir as ovelhas que não vão à igreja. Por isso, produzo um jornal de 75 mil exemplares, minha página da internet teve 100 mil visitas no último mês, falo para 400 emissoras de rádio em todo o Brasil e para 144 emissoras na televisão”, disse o padre.

Apesar de fazer muitos shows, o padre-cantor não cobra cachê pelas apresentações. Apenas os músicos que o acompanham recebem dinheiro.

Livro “A Força da Fé” apresenta histórias de 30 celebridades em momentos difíceis de suas vidas.

Esta página contém links de afiliados. Ao fazer uma compra por um desses links, o Guia dos Curiosos recebe uma comissão e você não paga nada a mais por isso.

Artigos Relacionados

0 Comentários

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Share This