Mesas de café da manhã em hotéis costumam ser bem fartas. Só que, além de um café da manhã caprichado, o hotel que pertence à família Carr-Hartley oferece a seus hóspedes a presença de convidadas bem especiais. Elas costumam aparecer por volta das 9 horas.

 

Localizado próximo à Nairóbi, capital do Quênia, o terreno de 560 metros quadrados abriga um grupo de oito girafas Rothschild, que cultivam o divertido hábito de esticar o pescoço pelas janelas e compartilhar refeições com os hóspedes.

 


Os quenianos Tanya e Mikey Carr-Hartley são proprietários do Giraffe Manor, o “único hotel-girafa do mundo”. Uma diária no hotel-girafa custa 360 dólares (cerca de 720 reais) e inclui todas as refeições, serviço de lavanderia e, claro, o colorido das girafas!
Uma das espécies de girafa mais raras do mundo – existem cerca de 500 exemplares -, a Rothschild pode chegar a 6 metros de altura e costuma aparecer para tomar café por volta das 9 da manhã.