Em 2006, a marca de liquidificadores Blendtec estava passando por dificuldades. Em sua útlima cartada, o fundador da empresa, Tom Dickson, fez um vídeo em que ele misturava um frango assado com coca-cola para provar a eficiência do seu produto. Nada demais se o frango não estivesse com todos os ossos. Pronto! O vídeo fez o maior sucesso, e estava inventada a série “Will it Blend?” (“Vai misturar?”). Desde o primeiro vídeo, a Blendtec já aumentou suas vendas em cerca de 700%.

Os eposódios de “Will it Blend?” já viraram até DVD, com 50 episódios. Os vídeos têm todos o mesmo conceito. Dickson veste um jaleco branco e, como um professor de ciências que explica uma experiência maluca, testa o liquidificador, batendo objetos como bolas de golfe, brinquedos, lasers e até um iPad.

O “Will it Blend?” avisa quais experiências podem ser feitas em casa. Abacates inteiros,  com caroço e tudo, não vão causar grandes problemas na sua cozinha. Mas nada de tentar misturar um kit de consertar pneus em casa, por exemplo. Dickson também aconselha a não respirar a fumaça que sai do aparelho depois de misturas estranhas, como foi o caso de câmeras de fotografia que viraram pó, literalmente, e empestearam o estúdio inteiro. Os internautas podem mandar sugestões para futuras  misturas. Durante a Copa do Mundo, o apetrecho mais votado foi  uma vuvuzela, que também foi parar dentro de um Blendtec: