O que é o 

"Setembro Amarelo"?

Por que foi escolhida  a cor amarela  para a campanha de valorização da vida?  Essa história começa  em 1994.

O americano  Mike Emme de 17 anos, tirou a própria vida dentro  de um Mustang 1968 amarelo, que ele havia restaurado e pintado.

No funeral, os pais  de Mike distribuíram cartões com fitas amarelas para pessoas que estivessem sofrendo o mesmo problema de Mike.

A mensagem do cartão dizia:

Arrow

"Se você precisar,  peça ajuda."

A campanha de prevenção do suicídio ganhou o nome de "Yellow Ribbon"  (fita amarela) e se espalhou pelo mundo.

Uma das entidades  que implantou o "Setembro Amarelo" no Brasil em 2015 foi  Centro de Valorização da Vida (CVV), criado  em São Paulo em 1962.

Voluntários se revezam  no atendimento 24 horas por dia, o ano inteiro.  O atendimento é prestado pelo telefone 188 A ligação é gratuita  em todo o Brasil.

Há também atendimentos  presenciais, por e-mail  ou chat. O CVV foi a primeira entidade do gênero no mundo a prestar atendimento por chat.

O engenheiro  nascido em Recife  e filho de pai francês, é considerado o principal idealizador  do CVV. 

Jacques Andre Conchon,

Numa viagem à Inglaterra ele conheceu o pastor  Chad Varah, fundador do Samaritans, entidade que atende por telefone pessoas com algum tipo de sofrimento emocional, principalmente a ameaça  de suicídio.

Ao lado de amigos, Conchon fundou  o CVV quando tinha apenas 20 anos. Ele morreu em 2018, aos 76 anos.

A história do CVV  está registrada no livro da Editora Aliança.

"Como Vai Você - CVV,  50 anos ouvindo pessoas",