TODAS AS MASCOTES  DAS COPAS DO MUNDO DE FUTEBOL MASCULINO

As mascotes são marcas pertencentes à Fifa.

A primeira mascote da  Copa do Mundo foi criada pelo artista plástico Reg Hoye. O leão é um símbolo  do Reino Unido. Para reforçar o patriotismo,  o bichinho veste uma camisa com a bandeira do país.

1966 - Willie (Inglaterra)

O México apresentou ao público a primeira figura humana como mascote de uma Copa. O garoto Juanito Maravilla vestia roupas  com as cores da Seleção Mexicana e usava um sombrero típico do país.

1970 - Juanito Maravilla (México)

São dois garotos que representavam o "fair play" entre as Alemanhas Oriental e Ocidental, que participaram da competição. A sigla "WM" mostra as iniciais de Copa do Mundo  em alemão; e 74 é o ano  da competição.

1974 - Tip e Tap  (Alemanha)

O nome é uma abreviação  do termo “gaucho”,  o  homem do campo nos países  latino-americanos de língua espanhola. Quem criou a  mascote foi Néstor Córdoba. Argentinos criticaram a escolha pela sua semelhança com  a mascote de 1970.

1978 - Gauchito  (Argentina)

Os artistas espanhóis María Dolores Salto e José María Martín Pacheco escolheram uma laranja, fruta típica do país, como mascote. O nome é o diminutivo masculino de “naranja” (laranja em espanhol).

1982 - Naranjito  (Espanha)

Para se desvincular da primeira mascote, o México escolheu a pimenta bigoduda Pique, que veste um uniforme vermelho e branco. Junto a seu corpo verde, ela forma as cores da bandeira do México. O nome veio da palavra “picante”

1986 - Pique (México)

A mascote toda moderna quebrou todos os padrões. Lembra um boneco feito de Lego, com uma bola de futebol no lugar da cabeça,  e as três cores da bandeira da Itália. O nome "Ciao"  veio da palavra italiana usada para “oi” e “tchau”.

1990 - Ciao  (Itália)

O cãozinho sorridente  foi desenhado pelos Estúdios Warner Brothers.  O animal, que veste uniforme com as cores da bandeira americana, foi escolhido por ser o bicho de estimação mais comum no país.

1994 - Striker (Estados Unidos)

A França escolheu um galo, um de seus principais símbolos nacionais. O nome é uma mistura de “football” com “Asterix”, famoso personagem de desenho animado francês. Footix foi criado por Fabrice Pialot.

1998 - Footix  (França)

Pela primeira vez uma Copa foi realizada em dois países e teve três mascotes. As criaturinhas futurísticas "Spheriks" quiseram destacar a força tecnológica dos anfitriões. Os nomes foram escolhidos numa votação pela internet.

2002 - Kaz, Ato e Nik (Coreia do Sul e Japão)

O nome Goleo vem da junção de “gol” com “leo”, leão em latim. Goleo tinha a companhia de uma bola falante, chamada de “Pille”, palavra coloquial para “bola de futebol” em alemão. Foram desenvolvidos pela empresa de Jim Henson.

2006 - Goleo VI e Pille (Alemanha)

O leopardo foi desenhado pelo sul-africano Andries Odenhaal. "Za" é a sigla oficial para África do Sul e "Kumi" é a palavra que designa o número 10 (ano em que o evento foi realizado) na maioria das línguas do país.

2010 - Zakumi  (África do Sul)

O nome do tatu-bola-da-caatinga, animal típico da fauna brasileira ameaçado de extinção, veio da junção de "futebol" e "ecologia". Os brasileiros reclamaram do nome por lembrar a palavra "fuleiro".

2014 - Fuleco  (Brasil)

O lobo cinzento, criado  pela estudante de design Ekaterina Bocharova,  ganhou uma votação  na internet, que teve  também um tigre e um gato na disputa. Zabivaka é "aquele que marca o gol"  em russo.

2018 - Zabivaka  (Rússia)

Parece um fantasma, mas não é. A mascote foi inspirada no kaifa, o tradicional lenço de cabeça usado pelos homens do mundo árabe. O nome significa "jogador muito habilidoso" em árabe.

2022 - La'eeb  (Catar)

COMO FOI CRIADA

A COPA DO MUNDO