A história

da Starbucks

loja da rede de cafeterias Starbucks foi inaugurada em 30 de março de 1971 dentro do mercado público Pike Place, na região portuária de Seattle, nos Estados Unidos.

A primeira

da rede foram os professores Jerry Baldwin e Zev Siegel, e o escritor Gordon Bowker, três apaixonados por café.

Os fundadores

o empreendedor Howard Schultz entrou para o negócio. Depois de viajar à Itália, deu a sugestão de que a Starbucks vendesse, além de grãos, drinques de café preparados na hora.

Em 1982,

recusaram a ideia, porque achavam que um bom café tinha que ser preparado em casa. Schulz acabou criando uma rede de cafeterias chamada Il Giornale em 1985 e comprou as seis lojas  da Starbucks em 1987.

Os fundadores

ao primeiro-imediato Starbuck, personagem do romance "Moby Dick", lançado em  1851, pelo americano Herman Melville. Outra sugestão era Pequod, nome da embarcação do livro.

O nome é referência

logomarca da rede trazia uma sereia de duas caudas com seios à mostra. Era baseada em uma imagem nórdica do século 16.

A primeira

em 1987, a Starbucks teve sua logomarca remodelada: a sereia ganhou um ar mais contemporâneo e passou  a esconder os seios  com o cabelo.

Quando foi comprada,

uma repaginação da  sereia escondeu a origem das caudas, mantendo ainda o círculo com “Starbucks Coffee”.

Em 1992,

em comemoração ao  40º aniversário, a Starbucks remove seu nome e o “café” da logomarca.

Em 2011,

lojas da Starbucks no Brasil foram abertas em shoppings de São Paulo em 2006.

As primeiras

Instagram

Youtube

Conheça nossas  redes sociais