Você conhece o axolote, o "monstro aquático"?

diferente pertence ao  grupo dos anfíbios, o  mesmo dos sapos, rãs, pererecas e salamandras.

Esse animalzinho

no mundo todo criam axolotes como animais de estimação. A moda cresceu nos últimos anos por causa do sucesso dos bichinhos  no game "Minecraft".

Muitas pessoas

são um tipo de salamandra. Ou seja: eles fazem parte da ordem de anfíbios caudados que tem a aparência  de lagarto.

Os axolotes

(18 a 27 meses) pode medir entre 15 a 45 cm. O mais comum é uma média de  23 cm. É raro encontrar  algum com mais de 30 cm.

O axolote adulto

o axolote é apresentado  como a reencarnação do antigo deus asteca Xolotl,  que tem corpo de homem e cabeça de cachorro, divindade responsável pelo fogo e  pelo raio.

Símbolo do México,

pelos mexicanos, o axolote está presente na parte inversa da nota de 50 pesos, eleita a cédula com melhor design em 2021. Seu nome científico é Ambystoma mexicanum.

Tão querido

aparecem muito nas artes mexicanas. Estão em murais do pintor Diego Rivera e em textos do poeta Octavio Paz, Prêmio Nobel de Literatura.

Os axolotes

argentino Julio Cortázar escreveu um conto inspirado nos axolotes. Ele está no livro "Final do jogo", de 1956.

O escritor

na Cidade do México, é o único lugar do mundo onde  é possível encontrar axolotes “selvagens”. E, mesmo assim, em pouca quantidade.

O Lago Xochimilco,

chamam bastante atenção entre os pesquisadores. As salamandras são os únicos animais vertebrados capazes de se regenerar. Os axolotes têm a capacidade de recuperar feridas sem deixar cicatriz. Cientistas acreditam que, no futuro, eles poderão contribuir com a medicina humana.

Eles também

da cidade de Pátzcuaro criam axolotes para a produção de um famoso xarope contra a tosse.  A receita é secreta.

Freiras

mantêm suas características larvais mesmo depois de chegar à fase adulta. Por isso, seu nome significa algo como "monstro aquático".

Os axolotes

a vida toda com características típicas do estado larval da salamandra, como brânquias externas e barbatana caudal.

Permanecem

de São Paulo tem dois axolotes em exposição.  São duas fêmeas —uma preta, cor natural do bicho,  e outra branca, por falta  de melanina.

O Zoológico

dinossauro brasileiro?

dinossauro brasileiro?

Qual foi o primeiro

Qual foi o primeiro