Curiosidades sobre o

palhaço Bozo

Bozo foi criado em 1946 pelo empresário fonográfico americano Alan W. Livingston.

O palhaço

da Capitol Records era  gravar um disco com  histórias e canções infantis:  "Bozo at the Circus".

A ideia

do palhaço foi feita pelo ator  e cantor Vance Colvig, que também dublava o “Pateta” para a Disney.

A voz

versão do palhaço para a  TV surgiu em 1949, com o mesmo Vance Colvig.

A primeira

a fantasia azul e a peruca laranja para apresentar  um programa ao vivo,  de meia hora.

Ele vestiu

a gravadora Odeon trouxe  os discos do Bozo ao Brasil. Quem fez a versão para o português do palhaço foi o humorista José Vasconcelos.

Em 1954,

o empresário Larry Harmon comprou os direitos do personagem e criou um programa diário, ao vivo, com plateia e desenhos animados.

Em 1956,

Harmon quem consagrou o visual do Bozo: cabelo laranja espichado para os lados, um grande nariz de palhaço vermelho e roupa azul e branca.

Foi também

que ficou mais tempo no ar como Bozo foi Bob Bell, entre 1960 e 1984.

O ator

da Capitol Records era gravar um disco com histórias e canções infantis: "Bozo at the Circus".

A ideia

do ar nos Estados Unidos em 23 de março de 2001.

Bozo saiu

exibiu Bozo no Brasil durante 10 anos, de 1981 a 1991.

O SBT

Bozo nacional foi o grandalhão Wandeko Pipoca. Ele ficou um ano no papel.

O primeiro

13 atores fizeram o papel de Bozo no SBT e em suas emissoras afiladas.

Outros

ganhou seis vezes o Troféu Imprensa de melhor programa infantil da TV brasileira.

Bozo

foi lançado o filme “Bingo, o rei das manhãs”.

Em 2017

contou a dramática história de Arlindo Barreto, o mais famoso Bozo brasileiro.

O filme

o papel principal foi  Vladimir Brichta.

Quem fez

Veja mais curiosidades sobre o

palhaço Bozo