A COPA DE 

1950

de 1950 foi disputada entre 24 de junho e 16 de julho. Ela estava inicialmente marcada para 1949.  As Copas de 1942 e 1946 foram canceladas por causa da Segunda Guerra.

A Copa do Mundo 

foi um dos principais articuladores para a realização da Copa do Mundo no Brasil. Ele havia conhecido o Rio de Janeiro em 1938 e ficou encantado com as belezas naturais da cidade.

Jules Rimet

classificados, três desistiram de participar: Escócia, Turquia e Índia. Convidados a substituí-los, França e Portugal também não quiseram competir, porque a Europa ainda se ressentia dos efeitos da Segunda Guerra.

Dos 16 países

Ilustração: jchistorybrasil

os ingleses esnobavam a Copa do Mundo, alegando sua superioridade em relação aos outros países. Nesse ano, concordaram em vir ao Brasil e não passaram da primeira fase.

Até 1950, 

os ingleses foram responsáveis pela primeira grande zebra das Copas. Perderam para a equipe semi-amadora dos Estados Unidos por 1 x 0, em Belo Horizonte.

Pior: 

fez seis jogos. Venceu quatro (México,  Iugoslávia, Suécia  e Espanha), empatou um (Suiça) e perdeu um (Uruguai). Fez 22 gols e sofreu seis. Terminou a Copa como vice-campeão.

O Brasil 

jogo pelo quadrangular decisivo, em 16 de julho de 1950, no Maracanã, o Brasil precisava apenas de um empate, mas perdeu por  2 x 1 para o Uruguai.

No último 

(Rio de Janeiro, na foto), Pacaembu (São Paulo), Independência (Belo Horizonte), Vila Capanema (Curitiba), Eucaliptos  (Porto Alegre) e Ilha do  Retiro (Recife) foram os estádios usados para os  jogos do Mundial.

Maracanã 

em 1950, e a Suécia,  em 1958, perderam uma decisão de Copa em casa.  E a Suécia perdeu justamente para o Brasil. Todos os  outros anfitriões que conseguiram chegar à  final foram campeões.

Só o Brasil,

os brasileiros estavam dominados pelo clima de  “já ganhou”. Um jornal carioca publicou, na véspera do jogo, a manchete “Estes são os campeões do Mundo'', com a foto da Seleção Brasileira.

Antes do jogo,

num grupo menor na primeira fase, o Uruguai fez apenas quatro jogos na Copa: três vitórias (Bolívia, Suécia e Brasil) e um empate. A vitória sobre o Brasil começou a ser chamada pelos torcedores uruguaios de "Maracanaço".

Como estava

da Copa foi Ademir "Queixada" de Menezes, com nove gols, o que é até hoje o recorde de gols de um brasileiro em uma Copa.

O artilheiro 

Brasil 7 x Suécia 1 não só foi  a maior goleada do Brasil nessa Copa, como também  é a maior goleada brasileira em todas as Copas até hoje.

O placar 

A história do

Kichute

Leia também: