Mapa do terreno

A história do  bambolê

que o bambolê surgiu há pelo menos três mil anos no Egito. Ele era feito com fios de parreira secos.

Acredita-se

atual do brinquedo surgiu  em 1958, nos Estados Unidos.  Os sócios de uma fábrica de brinquedos viajaram para a Austrália e viram crianças brincando com círculos feitos de bambu.

A versão

norte-americano do bambolê ganhou o nome de “hula hoop” e vendeu logo de cara  25 milhões de unidades.

O projeto

foi a fábrica de brinquedos que trouxe o bambolê para o Brasil, também em 1958. O brinquedo recebeu o nome inicial de bambolé (com acento agudo) por causa da associação com  a palavra "bambolear", que significa gingar, rebolar.

A Estrela

ficou popular em vários  outros países, porém,  na Inglaterra o bambolê era feito de madeira ou de metal, o que o tornava perigoso.  Por esta razão, passou a ser  conhecido como aro mortal.

O brinquedo

com ele também é fácil, já que a intenção é mantê-lo rodando nos quadris, braços, pescoço ou pernas sem deixar no chão.

Brincar

vai além de um brinquedo  e também é utilizado em números acrobáticos de  alta complexidade. Ganhou espaço com personal trainers para treinos específicos.  Outra modalidade é a dança bambolê, um esporte com campeonatos internacionais.

O bambolê

de movimento de um bambolê é de 100 horas, realizado pela americana Jenny Doan em dezembro de 2019. Até então o feito era de 74 horas e  54 minutos, estabelecido  em 2009 por Aaron Hibbs  de Columbus, Ohio.

O recorde

é o do maior modelo já utilizado: 5 metros e  18 centímetros de diâmetro, feito pela artista circense búlgara Getti Kehayova.

Outro recorde

Mapa do terreno

Tecnologias que surgiram no espaço

Veja tambem: