• Madonna foi uma das primeiras mulheres a posarem nuas na capa de uma revista que não fosse masculina. A capa da “Time” de 27 de maio de 1985 traz a cantora, maquiado e usando joias, com a chamada: “Porquê ela é atraente”.
  • Grávida e nua. Foi assim que Demi Moore apareceu na capa da “Vanity Fair”, em 1991. Depois, muitas mulheres posaram grávidas para as lentes dos fotógrafos. Em fevereiro de 1995, a atual senhora Ashton Kutcher apareceu pelada na capa da “Rolling Stone”.
  • Quando o assunto é nudez em capas de revista, a atriz Jennifer Aniston é imbatível: já figurou em três. A primeira foi a “Rolling Stone”, em março de 1996 — nesta, o bumbum da atriz aparece ao fundo, desfocado. Nove anos depois, em dezembro de 2005, foi a vez da “GQ”, com Jennifer cobrindo os seios com o braço, e usando apenas um shortinho jeans. Em janeiro de 2009 a atriz agraciou novamente os leitores da “GQ” com uma capa nua, dessa vez apenas com uma gravata cobrindo quase-tudo.
  • Eterna protagonista de “A Lagoa Azul”, Brooke Shields foi coberta apenas por uma tarja branca na capa da “Rolling Stone” de outubro de 1996.
  • Apenas uma guitarra cobria o corpo de Christina Aguilera na capa da “Rolling Stone” de novembro de 2002. A loira escondeu um dos seios com a mão direita, e o outro com o braço do instrumento.
  • A banda NX Zero protagonizou a primeira nudez na capa da “Rolling Stone” brasileira. Foi na edição 21, de junho de 2008. Os cinco integrantes apareceram apenas com bonés e tatuagens cobrindo a pele.
  • Às vésperas do lançamento do filme “Brüno” (2009), o comediante Sacha Cohen posou nu para a capa da revista “GQ”, no mês de julho. Com as pernas cruzadas e interpretando o personagem homossexual, Cohen está posicionado ao lado de uma chamado que diz: “Todas as roupas que você precisa para o verão (a não ser que você seja Brüno, que claramente não precisa de roupas”.
  • A top model Bar Rafaeli apareceu como veio ao mundo na capa da “Esquire” de julho de 2009. Apesar de não usar nenhuma peça de roupa, o corpo de Bar foi usado como suporte para as manchetes da revista — ótima leitura.