O tupi já foi a língua mais falada do Brasil

10 de julho de 2020

Qual é a língua falada pelos índios? Ao contrário do que se imagina, o tupi não é falado por todos eles, não. A língua tupi era uma das 1.200 línguas indígenas conhecidas no ano de 1500. Até meados do século XVIII, foi o idioma mais falado no território brasileiro, também conhecido como “língua geral” ou “nheengatu”.

O tupi legou cerca de 20 mil palavras ao nosso vocabulário, como amendoim, caipira, moqueca, taturana e pipoca. Quando Cabral chegou ao Brasil, a língua era falada numa faixa de 4 mil quilômetros, do norte do Ceará ao sul de São Paulo. O que predominava era o dialeto tupinambá, um dos cinco grandes grupos tupis . Os outros eram: tupiniquim, caeté, potiguar e tamoio.

Os bandeirantes se comunicavam em tupi. É por isso que tantos estados, municípios e rios têm nomes de origem indígena. Veja alguns exemplos: Paraná é “mar”; Pará é “rio”; Piauí é “rio de piaus” (um tipo de peixe); Sergipe é “no rio do siri”; Paraíba é “rio ruim”; Tocantins é “bico de tucano”; Curitiba é “muito pinhão”; Pernambuco é “mar com fendas.

Hoje restam 177 línguas. O antigo tupi foi uma das que desapareceram completamente. Em 1758, o marquês de Pombal, interessado em acabar com o poder da Companhia de Jesus no Brasil e em aumentar o domínio da metrópole sobre a colônia, proibiu o ensino e o uso do tupi. Em 1955, o presidente Café Filho obrigou todas as faculdades de letras a incluir um curso de tupi no currículo.

Em 1955, o presidente Café Filho obrigou todas as faculdades de letras a incluir um curso de tupi no currículo.

 

Últimas Curiosidades

Artigos Relacionados

Curiosidades sobre Drácula

Curiosidades sobre Drácula

Durante o século XVIII, lendas gregas e sérvias falavam sobre vampirismo. Isso despertou a imaginação do escritor irlandês Bram Stoker (1847-1912). Primeiro ele pensou num personagem chamado Conde Vampiro. Até que um amigo, professor de história, falou de Vlad Tepes,...

Gente de verdade que inspirou personagens da ficção

Gente de verdade que inspirou personagens da ficção

Alexander Selkirk (Robison Crusoe) O marinheiro escocês Alexander Selkirk (1676-1721) reclamou das condições do navio Cinque Ports em que viajava e pediu que o deixassem numa ilhota chamada Más-a-Tierra, no Pacífico Sul, a 670 quilômetros da costa do Chile, hoje...

0 Comentários

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *