A secretária americana Bette Nesmith Graham, em 1951, inventou um líquido para corrigir erros ortográficos e datilográficos sem rasura ou sujeira. O produto foi batizado de Mistake Out. A idéia foi tão bem aceita que outras secretárias começaram a pedir e usar o produto. Em 1956, Bette fundou a Mistake Out Company, onde a produção era feita manualmente em sua cozinha. Nesse mesmo ano, ela trocou o nome do produto para Liquid Paper. Apenas em 1961 a empresa mudou-se para um pequeno escritório nos fundos de sua casa. Ela adquiriu sua primeira fábrica em 1968, com o nome de Liquid Paper Corporation. Em outubro de 1977, o negócio foi vendido para a Gillette por 38 milhões de dólares.