Novo Livro O Guia dos Curiosos - Edição Fora de Série

Além dos índices

24 de abril de 2019

 

Para sabe da idoneidade ou analisar uma pesquisa de opinião, é preciso levar em consideração de alguns fatores. Veja quais são eles:

A margem de erro
Deve-se considerar os pontos percentuais de desvio considerados pelos institutos. Uma margem de 3% pode indicar que um candidato com 20% das intenções de voto está, na verdade, com 17% ou 23%.

Como foi obtida a resposta
Perguntas abertas e fechadas (com múltipla escolha) dão diferença no resultado final da pesquisa. O correto seria publicar as tendências levantadas com ambas as técnicas para que elas fossem comparadas.

O texto completo da pergunta e a organização do formulário
Assim, seria possível verificar se uma pergunta não confundiu ou influenciou as repostas das questões seguintes.

A série histórica da pesquisa
Isto permite avaliar a trajetória do candidato ao longo da campanha.

A amostra e a distribuição geográfica da pesquisa
Os resultados mudam conforme o perfil dos entrevistados e, caso não sejam divulgadas a amostra pesquisada naquele caso específico, eles podem ser erroneamente considerados gerais. Devem-se ser considerados o sexo, o número de cidades, sua distribuição por região e o tamanho da população.

A data da realização
Fatos inusitados podem levar a uma modificação nas tendências indicadas pela pesquisa. Por isso é importante constar a data em que ela foi efetuada. A maioria dos levantamentos, para evitar problemas como este, procuram realizar a coleta de dados ao longo de vários dias.

O financiador
É imprescindível constar junto à pesquisa quem a encomendou e seus financiadores.

 

Esta página contém links de afiliados. Ao fazer uma compra por um desses links, o Guia dos Curiosos recebe uma comissão e você não paga nada a mais por isso.

Artigos Relacionados

0 Comentários

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Share This