Novo Livro O Guia dos Curiosos - Edição Fora de Série

Trajetória no Exército

24 de abril de 2019

 

Caxias foi o único duque brasileiro. Ele recebeu o título inédito em 1869, depois de sair vitorioso da Guerra do Paraguai.

Sua trajetória militar começou na infância, mas, como tenente coronel, em 1837, Luís Alves foi destacado para pacificar a Balaiada, na província do Maranhão. Depois que foi promovido a coronel, por meio de uma Carta Imperial, Luís foi nomeado Presidente do Maranhão e Comandante Geral das em operação, em 1839. A medida visava manter civis e militares sob o comando da mesma autoridade.

Em agosto de 1840, Caxias tornou-se Vereador de Suas Altezas Imperiais e, no ano seguinte, recebeu o título de Barão de Caxias. Segundo o biógrafo padre Joaquim Pinto de Campos, o termo Caxias simbolizava a revolução subjugada, significava disciplina, administração, justiça, igualdade e glória.

Quando o imperador D.Pedro II temeu que um levante em São Paulo, em 1842, crescesse tanto a ponto de se fundir com a Revolução Farroupilha, no sul do país, Caxias foi chamado para detê-lo. Ele também atuou como Comandante do Exército pacificador em Minas Gerais.

Depois de ser nomeado Brigadeiro, em 1842, Comandante das Armas da Corte, Comandante-chefe das forças em operações da província de São Paulo e Vice-Presidente da província.

Caxias foi promovido a marechal-de-campo graduado, em julho de 1842, pelo serviço prestado em São Paulo e Minas Gerais. Neste mesmo ano, o império nomeou-o Comandante-chefe do Exército em operações e Presidente da Província do Rio Grande do Sul para conter a Revolta dos Farrapos.

Quando a revolta terminou, em março de 1845, Caxias foi proclamado Conselheiro da Paz e Pacificador do Brasil, além de ter sido efetivado no posto de marechal-de-campo e elevado a Conde. Seu nome também foi indicado para Senador do Império, posto que assumiu em 1847, pela província do Rio Grande do Sul.

Em 1851, Caxias, então como Presidente da Província e Comandante-chefe do Exército do Sul, invadiu o Uruguai e derrotou as tropas de Manoel Oribe. Um ano mais tarde, tornou-se tenente-general e recebeu a elevação ao título Marquês de Caxias.

Foi também ministro da Guerra, em 1855, e presidente do Conselho de ministros do Império, quando o marquês de Paraná adoeceu. Graduado marechal-do-exército, lutou na Guerra da Tríplice Aliança, que reuniu Brasil, Argentina e Uruguai, contra o Paraguai, em 1865.

Em 1866, foi nomeado Comandante-chefe das Forças do Império em operações contra o Paraguai e efetivado marechal-do-exército. Caxias foi o primeiro a utilizar balão em exercícios militares no continente americano. Venceu a Guerra do Paraguai em 1º de janeiro de 1869. Daí recebeu o título de duque.

Após ser nomeado, pela terceira vez, ministro da Guerra e Presidente do Conselho de ministros, em 1875, Caxias participou da ?Questão Religiosa?, do afastamento de D.Pedro II do império e da Regência da Princesa Isabel.

 

Esta página contém links de afiliados. Ao fazer uma compra por um desses links, o Guia dos Curiosos recebe uma comissão e você não paga nada a mais por isso.

Artigos Relacionados

0 Comentários

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Share This