Novo Livro O Guia dos Curiosos - Edição Fora de Série

A participação do Brasil na Primeira Guerra Mundial

10 de junho de 2020

Em 26 de outubro de 1917, o presidente Venceslau Brás declarou guerra contra a Alemanha, que afundara três navios brasileiros:  o Paraná (no canal da Mancha, em abril), o Tijuca (no litoral francês, em maio) e o Macau (no litoral espanhol, em outubro). Os 46 navios alemães que se encontravam nos portos brasileiros foram aprisionados.

O governo enviou, em agosto de 1918, uma esquadra para patrulhar a costa africana e a região de Gibraltar. Antes mesmo de entrar em combate, a frota perdeu 156 tripulantes, mortos em Dacar, por causa da gripe espanhola. Em meio à viagem, os navios brasileiros abriram fogo contra um cardume de toninhas, que seus artilheiros confundiram com submarinos alemães. Um dia depois de ter chegado a Gibraltar, nossa esquadra foi notificada do armistício. A guerra havia terminado.

Leia também: 
O Brasil na Primeira Guerra – e o ataque a toninhas que entrou para a história
Curiosidades sobre a Primeira Guerra Mundial
Curiosidades para relembrar os 100 anos do início da Primeira Guerra Mundial

O “Você é Curioso?” (28/10/2017) conversou com o jornalista Marcelo Monteiro, autor do livro “U-93 – A entrada do Brasil na Primeira Guerra Mundial”.  Ouça a entrevista na íntegra:

Esta página contém links de afiliados. Ao fazer uma compra por um desses links, o Guia dos Curiosos recebe uma comissão e você não paga nada a mais por isso.

Artigos Relacionados

As bases americanas

As bases americanas

Durante quatro anos, as Forças Armadas americanas elegeram a cidade de Caravelas, no litoral baiano, como uma de suas bases na América do Sul. Para receber os aviões de guerra, os americanos ergueram um enorme aeroporto a 15 quilômetros do...

Os brasileiros nos céus da Itália

Os brasileiros nos céus da Itália

1. Os 44 pilotos brasileiros, treinados durante oito meses no Panamá e nos Estados Unidos, se integraram a outros três grupos de caça do 350º Regimento de Caça dos Estados Unidos, em ação na Itália. 2. A...

0 Comentários

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Share This