Novo Livro O Guia dos Curiosos - Edição Fora de Série

Por que os sul-africanos dirigem do lado direito?

12 de junho de 2010


Não me arrisquei a dirigir em Johanesburgo. Os carros aqui andam pelo lado esquerdo da rua – e os motoristas ficam do lado direito do carro (na foto, o nosso motorista Pierre Lombard). É um perigo até atravessar a rua. A gente acaba sempre olhando para o lado errado. Por aqui, as regras funcionam como na Inglaterra e em outros 70 países de colonização inglesa, casos de Austrália, Nova Zelândia e Índia. De onde veio esse costume?
A origem da direção à direita é medieval. A maioria dos cavaleiros eram destros, e empunhavam a espada com a mão direita. Por isso, na Inglaterra, viajar do lado esquerdo das estradas era uma forma de se manter preparado para eventuais ataques. Na França do século XVIII, o imperador Napoleão resolveu mudar esse costume. O motivo? Ele era canhoto. O exército francês, então, passou a viajar à direita nas estradas, para que Napoleão pudesse empunhar sua espada com a mão esquerda. Os condutores das carruagens francesas ficavam do lado esquerdo.
É por isso que os países colonizados pelos ingleses adotaram a direção pela esquerda com o volante à direita, e os que foram colônia da França fazem o contrário. Há histórias curiosas no Canadá e na Áustria. No Brasil, o condutor ficou do lado esquerdo porque os portugueses foram dominados por Napoleão por um bom período.
Os Estados Unidos, colonizados pelos ingleses, são uma exceção. No século 18, os condutores de carroças, puxadas por pares de cavalos, sentavam-se no último cavalo à esquerda, para poder chicotear os animais com a mão direita.  Mas e os japoneses que também dirigem como na Inglaterra? Um ministro viajou ao país no século XIX para convencê-los a adotar o sistema inglês. A conversa deu resultado.

Esta página contém links de afiliados. Ao fazer uma compra por um desses links, o Guia dos Curiosos recebe uma comissão e você não paga nada a mais por isso.

Artigos Relacionados

A Rádio ONCB e as Paraolimpíadas de Tóquio 2020

A Rádio ONCB e as Paraolimpíadas de Tóquio 2020

Os Jogos Paraolímpicos de Tóquio começam na próxima terça-feira, dia 24. Marcus Aurélio Carvalho, diretor e apresentador da Rádio ONCB, emissora web da Organização Nacional de Cegos do Brasil, explica como será a cobertura diferenciada do evento. Marcus fala também de...

O autor de 150 hinos de times de futebol

O autor de 150 hinos de times de futebol

O compositor paulista Carlos Santorelli tem mais de 2 mil músicas gravadas. Em 1997, ele lançou um CD com hinos para os principais times do Rio Grande do Norte compostos por ele. Depois, em 2011, veio outro, desta vez com times paraibanos. Mas foi a partir de 2017 que...

Pugilista perdeu a orelha e não consegue usar máscara?

Pugilista perdeu a orelha e não consegue usar máscara?

Em novembro de 1996, o pugilista Evander Holyfield, pentacampeão mundial dos pesos-pesados, desafiou Mike Tyson pelo título da Associação Mundial de Boxe. Holyfield venceu de forma surpreendente ao realizar a proeza de nocautear Tyson no 11º round. Em junho do ano...

3 Comentários

3 Comentários

  1. Roberta

    Mas os EUA foram colonizados por ingleses e dirigem pelo lado esquerdo… Voce sabe a razao p/ os EUA nao terem seguido o modo ingles? (desculpe-me pela falta de acentos…)

    Responder
    • guiadoscurglog

      Olá, Roberta! Tem razão. Já inclui essa informação! Abraços

      Responder
  2. Douglas Nascimento

    Agora responde essa:
    Porque no Brasil os trens andam pela mão britânica e o metrô (que também é um metrô) andam na mão francesa ?
    Essa até hoje ninguém soube me responder.
    E o interessante é que isso é simples de mudar, mas nunca o fizeram.
    E ai ? rs

    Responder

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Share This