Novo Livro O Guia dos Curiosos - Edição Fora de Série

Como surgiu o panetone?

24 de abril de 2019

O bolo recheado de frutas secas é uma tradição do Natal italiano. Ele foi criado na cidade de Milão, não se sabe ao certo por quem. Há diversas versões difundidas na sabedoria popular. A mais famosa delas diz que, entre 1300 e 1400, um certo Ughetto resolveu se empregar numa padaria para poder ficar pertinho da sua amada Adalgisa, filha do dono, Toni. Para impressionar o chefe, ele inventou um bolo em formato de cúpula de igreja, e chamou-o de “Pane di Toni”. Feliz com a novidade, o padeiro permitiu que Ughetto se casasse com Adalgisa. No Brasil, a tradição surgiu depois da Segunda Guerra Mundial. Imigrantes italianos resolveram fazer o mesmo panetone consumido por eles na Itália na época de Natal. O bolo se popularizou por aqui graças a Carlo Bauducco, que começou a vender sua receita na doceria que possuía em São Paulo.

Os panetones industrializados levam 55 horas para ficar prontos. Só o processo de fermentação demora 40 horas. O Brasil é o segundo maior produtor da receita no mundo. São 37 milhões de unidades fabricadas por ano. A Itália ocupa o primeiro lugar, com 55 milhões de unidades anuais. Uma fatia de 80 g de panetone tem, em média, 280 calorias.

Esta página contém links de afiliados. Ao fazer uma compra por um desses links, o Guia dos Curiosos recebe uma comissão e você não paga nada a mais por isso.

Artigos Relacionados

O universo é finito ou infinito?

O universo é finito ou infinito?

É consenso entre os cientistas: o universo está se expandindo em alta velocidade. A maioria deles defende a teoria do universo infinito, segundo a qual esse processo de expansão acelerada é uma constante eterna. Mas há uma corrente...

O que é o sol da meia-noite?

O que é o sol da meia-noite?

É um fenômeno que ocorre perto dos polos, quando o Sol não se põe durante pelo menos 24 horas. Isso acontece porque a inclinação do eixo da Terra em relação ao plano de sua órbita faz com que o Sol incida sobre os polos, em posições que se alternam de seis em seis...

0 Comentários

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Share This