Novo Livro O Guia dos Curiosos - Edição Fora de Série

Vítimas de brigas de torcida

24 de abril de 2019

2009
Em 25 de agosto, torcedores do West Ham e do Millwall entraram em conflito próximo ao estádio Upton Park, em Londres, Inglaterra. A briga havia sido programada pelos torcedores antes da partida, e durou várias horas. Tijolos, garrafas e cadeiras foram atiradas, e dois torcedores foram esfaqueados. A richa entre os times é histórica, mas, como o Millwall está na segunda divisão inglesa, eles não se enfrentavam desde 2005. Durante o jogo, torcedores invadiram o campo três vezes — e brigaram com seguranças. A polícia inglesa, que prendeu 13 torcedores, considerou o ato como uma possível volta dos “hooligans” da década de 70. O West Ham venceu a partida por 3 a 1.

Em 3 de junho de 2009 um comboio com 15 ônibus da torcida do Vasco entrou em confronto com um ônibus de corintianos. Na briga, oito pessoas foram levadas ao hospital, entre elas um torcedor do Corinthians, que morreu de traumatismo craniano. Os veículos estavam na zona norte de São Paulo e iam para o estádio do Pacaembu, para assistir à semifinal da Copa do Brasil.

2007
Luiz Carlos Vítor Pereira, torcedor do Bahia de 41 anos, morreu depois de uma briga com a torcida do Vitória. A partida entre as duas equipes terminou empatada, o que causou a fúria dos torcedores. Luiz morreu de traumatismo craniano.

2005
O palmeirense Diogo Lima Borges morreu baleado em um confronto entre torcedores. O incidente ocorreu após um jogo disputado entre Palmeiras e Corinthians no estádio do Morumbi. Outras três pessoas ficaram feridas.

Um tiro acertou o corintiano Wellington Martins. Os autores do disparo pertenciam à torcida do Palmeiras.

Anderson Tomás, membro da torcida jovem da Ponte Preta, morreu em uma briga com são-paulinos. O caso ocorreu em Campinas (SP). Tomás teve um traumatismo craniano.

2004
O corintiano Marcos Gabriel Soares morreu horas depois de ser agredido por integrantes da Mancha Alviverde na estação Barra Funda, em São Paulo (SP). Edmilson José da Silva e Alessandro Almeida Borges Pereira, foram condenados a 14 anos, 4 meses e 24 dias de prisão cada um. O sentença saiu em 15 de fevereiro de 2007.

2003
São-paulinos foram provocar os corintianos na concentração da Torcida Pavilhão 9, em São Paulo (SP). O tumulto deixou três mortos. O líder da Torcida Independente, do São Paulo, Carlos André Amorosino (Sukita), foi sentenciado, em 2007, a 14 anos de prisão pelo assassinato de Mauro Roberto Costa e por não prestar socorro a Dhiógenes Fernandes Ventura.

2001
Em Split, na Croácia, torcedores do Hadjuk começaram o tumulto contra os adversários do Dínamo Zagreb. O quebra-quebra deixou 40 feridos.

Uma briga entre as torcidas do Accra Hearts of Oak e do Kumasi Ashanti Kotoko, em Accra, capital de Gana, provocou a morte de 130 torcedores.

2000
Vágner José de Lima foi mortos a tiros na avenida Nove de Julho, em São Paulo (SP), em uma briga entre são-paulinos e corintianos.

O são-paulino Alan de Almeida morreu com um tiro nas costas. Ele estava voltando para casa após uma partida entre seu time e o Santos, na Vila Belmiro. O crime ocorreu na Via Anchieta.

 

Esta página contém links de afiliados. Ao fazer uma compra por um desses links, o Guia dos Curiosos recebe uma comissão e você não paga nada a mais por isso.

Artigos Relacionados

Uma seleção de curiosidades sobre o Rei Pelé

Uma seleção de curiosidades sobre o Rei Pelé

Os Correios lançaram o selo em homenagem ao milésimo gol de Pelé em 28 de novembro de 1969 – apenas nove dias após o feito. No ano seguinte, Pelé aparece também no selo que saúda o tricampeonato mundial, conquistado no México. O fotógrafo Ronaldo Kotscho, de Placar,...

0 Comentários

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Share This