Novo Livro O Guia dos Curiosos - Edição Fora de Série

Pelé, o rei do futebol

24 de abril de 2019

Edson Arantes do Nascimento, o Pelé, é tricordiano, ou seja, nasceu em Três Corações, Minas Gerais, no dia 23 de outubro de 1940 (mas em seu registro consta dia 21). Sua família deixou a cidade quando tinha 3 anos e foi para Bauru, interior paulista.

Seu primeiro apelido futebolístico, no time do Baquinho, de Bauru (SP), foi Gasolina. Foi ele mesmo quem criou, involuntariamente, o apelido de Pelé. Ainda criança, acompanhava o pai nos jogos do Vasco da Gama, da cidade mineira de São Lourenço, e acabou fã do goleiro Bilé. Nas peladas de rua, proclama: “Eu sou o Pilé”, trocando uma das letras do nome de seu ídolo. E Pelé ficou.

Em 1966, a rua em que Pelé nasceu ganhou o seu nome. Quatro anos depois, com a conquista do tricampeonato mundial, a Prefeitura homenageou seu ilustre filho com uma estátua em praça pública.

No Maracanã, há uma placa comemorativa por um gol extraordinário de Pelé, contra o Fluminense, pelo Torneio Rio-São Paulo de 1961. Um gol de placa.

O famoso soco no ar, marca registrada dos gols de Pelé, não é uma invenção sua. Julinho, ponta-direita da Seleção nos anos 50, foi o criador desse tipo de comemoração.

Em sua homenagem, o armário número 6 do vestiário principal da Vila Belmiro, que Pelé usava, está fechado a chave. Ali dentro o jogador deixou 3 pares de tênis, 2 de chuteiras, 1 chapéu de couro e 1 colete, desde que se despediu do Santos em 1974.

No dia 15 de maio de 1981, em Paris, Pelé recebeu o título de Atleta do Século, conferido pelo jornal francês L’Équipe, depois de uma pesquisa junto aos 20 mais importantes jornais do mundo. Pelé teve 178 votos contra 169 do atleta norte-americano Jesse Owens, segundo colocado.

Ao chegar no Santos, quando tinha 15 anos, Pelé recebia o equivalente a 75 dólares por mês. Em pouco tempo, o Santos aumentou o seu salário para 600 dólares. O Rei do Futebol tem hoje um patrimônio pessoal de 25 milhões de dólares e sua imagem movimenta o equivalente a 200 milhões de dólares anuais.

Outras camisas que vestiu: Cosmos (de Nova York), Vasco e Flamengo.

Pelé já jogou no gol. Foi no jogo Santos 4 x Grêmio 3 (três gols de Pelé), pela Taça Brasil de 1963, disputado no Pacaembu em 19 de janeiro de 1964. O goleiro Gilmar recebeu o cartão vermelho e Pelé foi para o gol.

A rainha Elizabeth II concedeu ao atleta o título de Sir em 03 de dezembro de 1997. Ela já possuía a Cruz da Ordem da República Húngara, que lhe foi ofertada em 1994.

Em 2004, ele publicou, a pedido da Fifa, uma lista com os 120 maiores jogadores vivos. A relação causou polêmica: incluía mais franceses e italianos do que brasileiros.

Foi lançado em junho de 2004 um documentário chamado Pelé Eterno sobre a carreira do jogador. O longa mostra gols e lances marcantes do supercraque. Os que não tinha registro em vídeo foram reproduzidos por meio de computação gráfica.

 

Esta página contém links de afiliados. Ao fazer uma compra por um desses links, o Guia dos Curiosos recebe uma comissão e você não paga nada a mais por isso.

Artigos Relacionados

Uma seleção de curiosidades sobre o Rei Pelé

Uma seleção de curiosidades sobre o Rei Pelé

Os Correios lançaram o selo em homenagem ao milésimo gol de Pelé em 28 de novembro de 1969 – apenas nove dias após o feito. No ano seguinte, Pelé aparece também no selo que saúda o tricampeonato mundial, conquistado no México. O fotógrafo Ronaldo Kotscho, de Placar,...

0 Comentários

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Share This