Novo Livro O Guia dos Curiosos - Edição Fora de Série

10 curiosidades sobre a Copa de 2002 (Coreia e Japão)

24 de abril de 2019

1. Em 2001, nas Eliminatórias da Oceania para o Mundial de 2002, ocorreu uma nas maiores goleadas em partidas entre seleções. No jogo entre Austrália e Samoa Americana, a vitória australiana foi de 31 X 0.

2. Nessa copa, aconteceu o gol mais rápido feito em um jogo de Mundial Fifa. A Turquia marcou um gol contra a Coreia do Sul aos 11 segundos de jogo.

3. O ex-jogador Falcão foi escolhido pela CBF para atuar na Copa como consultor-técnico. Assim, ele ficaria acima do coordenador-técnico Antonio Lopes e teria poderes até para demitir o treinador da seleção brasileira, Felipão.

4. Às vésperas da Copa de 2002, o presidente Fernando Henrique Cardoso foi questionado se era favorável à convocação de Romário para a Seleção Brasileira. Logo respondeu: “Ah, eu sou Romário, eu sou Romário”. Alguns dizem que a atitude foi retribuição a um ato do jogador. Em 1999, em plena época de desvalorização do real, depois de marcar um gol pelo Flamengo, Romário levantou a camisa e mostrou uma mensagem na camiseta de baixo: “Eu sou FHC”.

5. O primeiro e único goleiro a levar o prêmio Bola de Ouro da Copa foi o alemão Oliver Kahn, no Mundial de 2002. A Alemanha chegou à final, mas foi derrotada pelo Brasil.

6. Pela primeira e única vez na história da Copa, houve dois gols contra na mesma partida. No jogo da fase de grupos entre Portugal e Estados Unidos, o português Jorge Costa e o norte-americano Jeff Agoos acertaram os próprios gols.

7. A França protagonizou a pior campanha de um cabeça-de-chave da história das Copas: não conseguiu marcar um único ponto e foi eliminada ainda na fase de grupos.

8. O italiano Cesare Maldini, técnico da seleção do Paraguai, quebrou o recorde de pessoa mais velha a comandar um time em Copa do Mundo. Ele tinha 70 anos. Mais tarde, no Mundial de 2010, o alemão Otto Rehhagel assumiu o posto, depois comandar a seleção da Grécia durante o torneio, aos 71 anos de idade.

9. Ao se apresentar como técnico da China, Velibor “Bora” Milutinovic conseguiu um feito inédito: representou cinco equipes diferentes em Copas do Mundo: México (1986), Costa Rica (1990), Estados Unidos (1994), Nigéria (1998) e China (2002). Em 2010, quando assumiu o comando da África do Sul, Carlos Alberto Parreira igualou a façanha – ele já tinha Brasil, Arábia Saudita, Emirados Árabes Unidos e Kuwait no currículo.

10. A Seleção Brasileira levou um prêmio de 12 milhões de dólares pelo título da Copa 2002.

Web Stories

Esta página contém links de afiliados. Ao fazer uma compra por um desses links, o Guia dos Curiosos recebe uma comissão e você não paga nada a mais por isso.

Artigos Relacionados

0 Comentários

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Share This
A história do Hard Rock Cafe Curiosidades sobre o Biscoito Globo Como foi criada a Copa do Mundo Curiosidades sobre o Super Dínamo Os doutores mais famosos da ficção – parte 2