Novo Livro O Guia dos Curiosos - Edição Fora de Série

10 curiosidades sobre a Copa de 1990 (Itália)

24 de abril de 2019

 

1. Gol do brasileiro Müller ou gol contra do costa-riquenho Montero? O juiz anotou a segunda alternativa na partida entre Brasil e Costa Rica. A chefia da delegação brasileira protestou e o gol foi entregue a Müller. Mais tarde a Fifa mudou de ideia outra vez e o gol voltou à posse do zagueiro costa-riquenho.

2. Depois do jogo com a Argentina, o lateral Branco disse que havia pedido água ao massagista da equipe adversária e, depois de beber, ficou zonzo. Estranhou que a água dada a ele não fosse do mesmo frasco entregue a Maradona. Depois do jogo, dormiu no ônibus e continuou sonolento no dia seguinte. A suspeita foi comprovada em 1993 pelo massagista argentino Miguel di Lorenzo, que confessou que em sua maleta havia uma garrafa de água para os argentinos e outra para os brasileiros, ambas entregues pelo técnico Carlos Bilardo. Bilardo só admitiu ter realmente dopado os brasileiros em uma entrevista dada à revista Ventitres em 19 de janeiro de 2005. “Não posso dizer que não aconteceu”, declarou. Até Maradona, o maior craque da história argentina, admitiu a trapaça, em entrevista à revista El Gráfico, em 2007: “Não pensei que Branco fosse tomar a água”.

3. Durante a semifinal entre Itália e Argentina, o árbitro Michel Vautrot esqueceu de conferir o relógio, e o primeiro tempo ficou com 53 minutos.

4. Foi o Mundial Fifa com a menor média de gols por partida: 2,21.

5. Com a vitória da Alemanha, Franz Beckenbauer se tornou o segundo na história das Copas a se sagrar campeão tanto como jogador quanto como técnico. Ele havia integrado o time de jogadores em 1974 e comandou a equipe campeã em 1990. Antes dele, só o brasileiro Mário Zagallo tinha conseguido o mesmo feito.

6. O alemão Lothar Matthäus jogou sua terceira final consecutiva de Copa do Mundo em 1990, e finalmente conseguiu sair vitorioso. Mais tarde, depois de participar de sua quinta Copa do Mundo (1998), ele se tornou o jogador que mais entrou em campo em partidas de mundiais.

7. Os dois jogadores dos Emirados Árabes Unidos que marcaram gols na Copa de 1990 ganharam de presente um carro da marca Rolls-Royce cada um. Com três derrotas, a seleção foi eliminada ainda na primeira fase do torneio.

8. Ao sediar a Copa de 1990, a Itália, que já havia recebido o torneio em 1934, se tornou o segundo país a fazer isso duas vezes. O primeiro tinha sido o México (1970 e 1986). Depois, França (1938 e 1998), Alemanha (1974 e 2006) e Brasil (1950 e 2014) repetiram o feito.

9. Diego Maradona e Lothar Matthuas se tornaram, juntos, os primeiros capitães e jogarem duas finais de Copa do Mundo – ambos em 1986 e 1990. O brasileiro Dunga se igualou a eles depois de jogar nas finais de 1994 e 1998.

10. A Copa de 1990 viu entrar em campo o mais velho capitão da história dos mundiais. O inglês Peter Shilton liderou sua equipe com 40 anos e 292 dias de idade.

 

Esta página contém links de afiliados. Ao fazer uma compra por um desses links, o Guia dos Curiosos recebe uma comissão e você não paga nada a mais por isso.

Artigos Relacionados

10 curiosidades sobre a Copa de 1970 (México)

10 curiosidades sobre a Copa de 1970 (México)

1. Foi nessa Copa que se começou a utilizar cartões vermelho e amarelo. O primeiro a receber um amarelo foi o soviético Evgeny Lovchev, em um jogo contra o México. O primeiro cartão vermelho veio apenas na Copa seguinte, em 1974. O...

0 Comentários

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Share This