Sua fórmula original é atribuída ao médico holandês Franciscus de La Boe, um catedrático do século XVII, da Universidade de Leiden. Ele buscava um medicamento barato para curar os colonizadores holandeses na Índia, atacados pela febre amarela. Mas acabou criando o gim. A receita do professor Franciscus aliava o álcool destilado dos cereais, como malte, cevada e milho, ao zimbro, um componente medicinal muito respeitado na Europa naquela época.