FLUMINEBSE F C1921
Último colocado do Campeonato Carioca, o Flu tem que disputar uma eliminatória com o Vila Isabel, campeão da segunda divisão, para permanecer na primeira. Ganha por 3 x 1 e garante seu lugar.

1922
O estádio das Laranjeiras é mais uma vez reformado, para receber o Campeonato Sul-Americano em 1922.

1923
O Fluminense excursiona pela primeira vez à Bahia, ganhando três jogos (3 x 1 na Associação Atlética da Bahia, 2 x 0 no Bahiano de Tênis e 2 x 0 no Botafogo), empatando um (1 x 1 com o Vitória) e perdendo dois (2 x 1 para o Botafogo e 5 x 1 para a Seleção Baiana).

1924
Campeão carioca pela Associação Metropolitana de Esportes Atléticos, AMEA (havia também a Liga Metropolitana de Desportos Terrestres, LMDT, pela qual ganhou o Vasco). No elenco, havia apenas dois jogadores do time campeão pela última vez, em 1919: Zezé e Fortes.

1925
Preguinho, filho do escritor Coelho Neto e autor do primeiro gol do Brasil em Copas do Mundo, conquista dois títulos pelo clube em um mesmo dia: de manhã, nadando 600 metros em uma prova aquática. À tarde, marcando o gol da vitória contra o São Cristóvão na final do Torneio Início.

1926
O time goleia o São Cristóvão, futuro campeão daquele ano, por 6 x 2. Mas termina o Campeonato Carioca em terceiro, atrás do próprio São Cristóvão e do Vasco.

1927
Vice-campeão, atrás do Flamengo, em um ano de grandes goleadas: 6 x 2 no Brasil, 7 x 4 no Bangu e 6 x 0 no Vila Isabel.

1928
Duas vitórias sobre o Sporting, de Lisboa, no Rio: 4 x 1 e 3 x 2.

1929
O Fluminense foi o único time que derrotou o Vasco, campeão carioca daquele ano, por 2 x 1, no jogo do primeiro turno. Mas terminou em quarto, atrás também do América e do São Cristóvão.

1930
Em uma partida contra o América, o Fluminense sofreu um gol e o juiz, ignorando as reclamações tricolores, resolveu confirmá-lo. Na súmula, no entanto, decidiu anulá-lo. ?Agora, com mais calma, estou convencido de que não foi gol?, justificou, na época, o árbitro. O jogo foi anulado.