Novo Livro O Guia dos Curiosos - Edição Fora de Série

Qual é a origem do Dia dos Avós

2 de junho de 2020

Comemora-se o Dia dos Avós em 26 de julho. A ideia da celebração foi da portuguesa Ana Elisa do Couto (1926-2007), revelou o jornalista Edison Veiga em reportagem publicada pela BBC em 2018. Há uma placa em homenagem a Ana Elisa, mais conhecida como Dona Aninhas, em sua cidade natal, Penafiel, na região do Porto. Ela tinha quatro netas e dois netos. Os penafidelenses fizeram a homenagem em 2011.

O 26 de julho foi escolhido em Portugal e no Brasil porque é a data em que a Igreja Católica celebra Santa Ana e São Joaquim, pais de Maria, avós de Jesus. Conta a história que Ana e o marido, Joaquim, não tinham filhos, mas sempre rezavam pedindo que Deus lhes enviasse uma criança. Não ter filhos era considerado uma maldição. Por isso, o marido tinha direito a ter filhos com outras mulheres. Certo dia, rezando no deserto, Joaquim recebeu a visita de um anjo, que lhe prometeu que o pedido seria atendido. Ana, então, conseguiu engravidar, mesmo com idade avançada. Ela teve uma menina e a batizou de Maria. Santa Ana morreu quando Maria tinha apenas 3 anos. Maria foi entregue aos cuidados do Templo de Jerusalém. Anos depois, ela ficou noiva de José. Aí nasceu Jesus, neto de Ana e Joaquim.

Os avós de Jesus não estão na Bíblia

Uma história, revelou Veiga, que nem na Bíblia está. “Não há nomes, pormenores, nem citações da vida e da existência dos pais de Maria”, afirmou para a reportagem da BBC o teólogo e filósofo Fernando Altemeyer Júnior, professor da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP). “Ambos são citados no evangelho apócrifo de São Tiago, não reconhecido pela Igreja. Portanto, não constam em livros canônicos.”

Na década de 1980, Dona Aninhas visitou Brasil, França, Estados Unidos, Alemanha, África do Sul, Espanha, Angola, Suíça e Canadá para defender a criação do Dia dos Avós. Inicialmente, ele surgiu apenas como Dia da Vovó. Mas, como a Igreja Católica também celebrava São Joaquim no mesmo 26 de julho, a data ficou sendo Dia dos Avós. A data em celebração a São Joaquim mudou duas vezes. O 26 de julho foi oficializado pelo Papa Paulo VI.

Países comemoram o Dia dos Avós em datas diferentes

Dona Aninhas não teve sucesso em tornar a data de 26 de julho em consenso mundial. Na Itália, a “Festa dei Nonni” é comemorada em 2 de outubro. Nos Estados Unidos, ela cai no primeiro domingo de setembro, enquanto os ingleses celebram no primeiro domingo de março. A França dividiu em Dia da Avó (primeiro domingo de março) e Dia do Vovô (primeiro domingo de outubro), como se faz com o Dia dos Pais e o Dia das Mães. Australianos adotaram o primeiro domingo de novembro e canadenses escolheram o 25 de outubro.

Santa Ana é a padroeira das mulheres grávidas e dizem que concede gravidez às mulheres estéreis.

 

Web Stories

Esta página contém links de afiliados. Ao fazer uma compra por um desses links, o Guia dos Curiosos recebe uma comissão e você não paga nada a mais por isso.

Artigos Relacionados

A trégua de Natal na Primeira Guerra Mundial

A trégua de Natal na Primeira Guerra Mundial

A Primeira Guerra Mundial, de 28 de julho de 1914 a 11 de novembro de 1918,  foi o primeiro conflito que se estendeu por todo o planeta – até o Brasil participou. Quando ela acabou, quatro impérios tinham sumido: o turco, o austro-húngaro, o russo e o alemão. Foi um...

Cestas de Natal Amaral e o início da publicidade natalina

Cestas de Natal Amaral e o início da publicidade natalina

Nos primeiros anos de vida, as emissoras de televisão mantinham praticamente a programação normal mesmo no dia de Natal. Dá para perceber isso na grade horária do dia de Natal de 1957 na revista especializada "7 Dias na TV". Naquele ano, o Natal caiu numa quarta-feira...

0 Comentários

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Share This
Os 100 anos dos ursinhos da Haribo Qual é a origem do Creme Nivea? Você conhece o axolote, o “monstro aquático”? As pioneiras da ficção Científica