Novo Livro O Guia dos Curiosos - Edição Fora de Série

Cestas de Natal Amaral e o início da publicidade natalina

17 de dezembro de 2021

Nos primeiros anos de vida, as emissoras de televisão mantinham praticamente a programação normal mesmo no dia de Natal. Dá para perceber isso na grade horária do dia de Natal de 1957 na revista especializada “7 Dias na TV”. Naquele ano, o Natal caiu numa quarta-feira e a programação permaneceu inalterada. Não havia, portanto, o símbolo televisivo do Natal, como se tornou marca o Especial de Natal do Roberto Carlos, na Globo, exibido desde 1974.

Prev 1 of 1 Next
Prev 1 of 1 Next
Uma das primeiras lembranças natalinas de Magalhães Júnior na televisão foi uma campanha da Cesta de Natal Amaral.  O produto – uma espécie de “Baú da Felicidade” das Festas – surgiu no bairro da Mooca, em São Paulo, no ano de 1953. Era produzida pela Empresa de Alimentos Selecionados Amaral. Os clientes pagavam um carnê (o chamado “carnê da fortuna”) ao longo do ano e recebiam a Cesta de Natal no final do ano em casa, Havia ainda sorteios mensais de casas, carros, eletrodomésticos. A partir de 1958, começaram a ser veiculados os primeiros comerciais da Cesta de Natal Amaral na TV. Os sorteios eram comandados pelo apresentador Heitor de Andrade e os comerciais ao vivo, pela garota-propaganda Marlene Morel.

 

Outro prêmio era um exemplar do boneco Gigante Amaral, mascote do produto. O personagem virou programa de televisão pela TV Tupi de São Paulo em 1958. Mas o personagem só aparecia mesmo no título: “As aventuras do Gigante Amaral”. Ele não tinha nenhuma participação no programa, que exibia apenas desenhos e seriados.

 

 

 

 

A TV passa a seguir o calendário natalino a partir do momento em que as agências de publicidade começaram a produzir comerciais específicos para os festejos de final de ano. Magalhães selecionou cinco peças publicitárias que marcaram época na TV.

 

 

 

 

Varig

A primeira é um comercial da empresa aérea Varig de 1960, com música e letra de Caetano Zamma. O jingle teve várias versões, mas a primeira foi a mais impactante:

 

 

Estrela brasileira / no céu azul
iluminando / de Norte a Sul
Mensagem de amor e paz
Nasceu Jesus / chegou o Natal.
Papai Noel voando a jato pelo céu
Trazendo um Natal de felicidade
e um Ano Novo cheio de prosperidade.
Varig / Varig / Varig

 

 

Cica 

Outro comercial de 1960 em formato de desenho animado. A Turma da Mônica celebra o Natal. No final, o elefante Jotalhão aparece embrulhado para presente, numa alusão ao primeiro comercial da Cica com a Turma da Mônica em que a mãe da Mônica lhe pede um extrato de tomate.

 

Caloi

Campanha das bicicletas Caloi, que começou a ser veiculada no final dos anos 1970. O slogan “Não se esqueça da minha Caloi” ganhou as ruas e virou um bordão.

 

Banco Nacional 

Está completando 50 anos. Lançado no Natal de 1971, o jingle de Edison Borges de Abrantes, o “Passarinho”, foi uma encomenda do Banco Nacional. Foi o comercial que fazia muita gente se emocionar tanto pela melodia quanto pela letra:

 

 

Quero ver você não chorar / não olhar pra trás
nem se arrepender do que faz
Quero ver o amor vencer
mas se a dor nascer
você resistir e sorrir
Se você pode ser assim
tão enorme assim eu vou crer
que o Natal existe
que ninguém é triste
que num mundo há muito amor
Bom Natal, um feliz Natal
muito amor e paz pra você
Pra você!

 

Casas Pernambucanas

O jingle foi criado em 1967 por Chico Oliveira para as Casas Pernambucanas. Chico Oliveira era deficiente visual e fazia parte de um dos mais famosos grupos vocais brasileiros – todos eles também deficientes visuais, Os Titulares do Ritmo.

Esta página contém links de afiliados. Ao fazer uma compra por um desses links, o Guia dos Curiosos recebe uma comissão e você não paga nada a mais por isso.

Artigos Relacionados

Curiosidades sobre a árvore de Natal do Rockefeller Center

Curiosidades sobre a árvore de Natal do Rockefeller Center

A iluminadíssima árvore do imponente Rockefeller Center é uma das atrações natalinas mais queridas de Nova York, nos Estados Unidos. A primeira árvore foi montada em 1931 pelos operários da própria construção do RC. Era um abeto balsâmico de pouco mais de 6 metros de...

11 curiosidades sobre a ceia de Natal

11 curiosidades sobre a ceia de Natal

Na Europa, antigamente, as pessoas deixavam a porta de casa aberta na noite de Natal para que viajantes e pessoas pobres pudessem participar da ceia. Até hoje, a refeição é o momento de confraternização entre amigos e familiares. No Brasil, o prato mais tradicional é...

0 Comentários

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Share This