Novo Livro O Guia dos Curiosos - Edição Fora de Série

A origem do Dia do Comerciário (30/10)

24 de abril de 2019

Comerciário é a pessoa que possui lojas ou trabalha no comércio, como balconistas e vendedores. No dia 29 de outubro de 1932, no Rio de Janeiro, os comerciários organizaram um protesto por direitos trabalhistas, que ficou conhecido como a “Passeata dos 5.000”. Eles reivindicavam a redução da jornada diária de trabalho de doze para oito horas, repouso semanal remunerado e descanso aos domingos. A manifestação começou na Galeria Cruzeiro, um importante centro comercial da época, localizada no Largo da Carioca. Aderida por caixeiros-viajantes, seguiu até o Palácio do Catete, a então sede do Governo Federal, representado por Getúlio Vargas. O presidente da República autorizou e o prefeito do Rio de Janeiro, Pedro Ernesto, assinou o documento que garantiu a redução da jornada de trabalho de doze para oito horas. Foi a primeira lei em benefício dos comerciários (decreto-lei n. 4.042, de 29/10/1932), que também regulamentou o funcionamento do comércio. A partir daquela data, a jornada de trabalho passou a ser “três oitos”: oito horas para o trabalho, oito horas para o lazer e oito horas para o descanso. A publicação da lei no Diário Oficial aconteceu em 30 de outubro e a data passou a ser lembrada como o Dia do Comerciário Brasileiro.

Esta página contém links de afiliados. Ao fazer uma compra por um desses links, o Guia dos Curiosos recebe uma comissão e você não paga nada a mais por isso.

Artigos Relacionados

0 Comentários

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Share This