Novo Livro O Guia dos Curiosos - Edição Fora de Série

A origem e curiosidades do Dia dos Pais

24 de abril de 2019

A ideia nasceu na antiga Babilônia, há mais de 4 mil anos. Um jovem chamado Elmesu moldou e esculpiu o primeiro cartão. Desejava sorte, saúde e longa vida a seu pai, o rei Nabucodonosor.

Nos Estados Unidos, a garota Sonora Louise Smart Dodd resolveu criar o Dia dos Pais em 1909, motivada pela admiração que sentia por seu pai, o veterano da Guerra Civil William Jackson Smart. A data escolhida para a primeira comemoração, em 1910, foi a do aniversário de William: 19 de junho.  Outras famílias começaram a festejar o dia especial no estado de Washington, a partir de 1966, a data se tornou uma festa nacional.  Em 1972, o presidente americano Richard Nixon oficializou o Dia dos Pais. Nos Estados Unidos, ele é comemorado no terceiro domingo de junho. É a data adotada pela maior parte dos países.

No Brasil, a festa chegou em 1953, por sugestão do publicitário Sylvio Bhering. Outras fontes dão esse crédito ao jornal “O Globo”, que difundiu a data visando atrair anunciantes do comércio. Dois anos depois, os jornais da empresa Folha da Manhã se uniram com a TV Record, a Rádio Panamericana (hoje Jovem Pan) e a Rádio São Paulo para comemorar o Dia dos Pais pela primeira vez em São Paulo. Para isso, organizaram um concurso para eleger o pai mais jovem, o mais idoso e o que tinha maior número de filhos. Dos mil inscritos, ganharam o prêmio um rapaz de 16 anos, um senhor de 98 e um homem com 31 crianças. A princípio, a celebração ocorria no dia 16 de agosto, dia de São Joaquim, pai de Maria, mãe de Jesus. Depois foi transferida para o segundo domingo de agosto.

Em alguns países, como Itália e Portugal, a data é comemorada no dia 19 de março, dia de São José, considerado pai por excelência na tradição católica.

Web Stories

Esta página contém links de afiliados. Ao fazer uma compra por um desses links, o Guia dos Curiosos recebe uma comissão e você não paga nada a mais por isso.

Artigos Relacionados

A trégua de Natal na Primeira Guerra Mundial

A trégua de Natal na Primeira Guerra Mundial

A Primeira Guerra Mundial, de 28 de julho de 1914 a 11 de novembro de 1918,  foi o primeiro conflito que se estendeu por todo o planeta – até o Brasil participou. Quando ela acabou, quatro impérios tinham sumido: o turco, o austro-húngaro, o russo e o alemão. Foi um...

Cestas de Natal Amaral e o início da publicidade natalina

Cestas de Natal Amaral e o início da publicidade natalina

Nos primeiros anos de vida, as emissoras de televisão mantinham praticamente a programação normal mesmo no dia de Natal. Dá para perceber isso na grade horária do dia de Natal de 1957 na revista especializada "7 Dias na TV". Naquele ano, o Natal caiu numa quarta-feira...

0 Comentários

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Share This
Você conhece o axolote, o “monstro aquático”? As pioneiras da ficção Científica A bandeira brasileira com uma estrela vermelha Futebol e guerra