A origem do Dia Mundial do Bambolê (11/11)

28 de outubro de 2020

A data tem o objetivo de incentivar o uso deste brinquedo como uma forma divertida de fazer exercícios físicos.

Acredita-se que o bambolê surgiu há pelo menos três mil anos no Egito. Ele era feito com fios de parreira secos. A versão atual do brinquedo surgiu em 1958, nos Estados Unidos.

A ideia veio quando os sócios de uma fábrica de brinquedos viajaram para a Austrália e viram crianças brincando com círculos feitos de bambu.

O projeto norte-americano do bambolê ganhou o nome de “hula hoop” e vendeu logo de cara 25 milhões de unidades.

A Estrela foi a fábrica de brinquedos que trouxe o bambolê para o Brasil, também em 1958.

O brinquedo recebeu o seu nome por aqui por causa da associação com a palavra “bambolear”, que significa gingar, rebolar.

O brinquedo ficou popular em vários outros países, porém, na Inglaterra o bambolê era feito de madeira ou de metal, o que o tornava perigoso. Por esta razão, passou a ser conhecido como aro mortal.

Brincar com ele também é fácil, já que a intenção é mantê-lo rodando nos quadris, braços, pescoço ou pernas sem deixar no chão.

O bambolê vai além de um brinquedo e também é utilizado em números acrobáticos de alta complexidade. Também ganhou espaço com personal trainers para treinos específicos.

Outra modalidade é a dança bambolê, além de ser um esporte com campeonatos internacionais e registro de recordes.

Você sabia que o recorde de movimento de um bambolê é de 74 horas e 54 minutos, enquanto que o maior modelo já utilizado mede 5 metros e quatro centímetros?

Artigos Relacionados

0 Comentários

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *