Novo Livro O Guia dos Curiosos - Edição Fora de Série

A origem do Dia do Comerciante (16/07)

24 de abril de 2019

José Maria da Silva Lisboa, mais conhecido como visconde de Cairu, foi um grande incentivador da abertura dos portos brasileiros ao comércio. Nascido no dia 16 de julho de 1756, em Salvador (BA), Lisboa atuou como político, advogado e publicista e, em 1801, publicou em Portugal do livro Princípio de Direito Mercantil, primeira obra de um brasileiro sobre economia política. Quando dom João VI passou pela Bahia, o Visconde lhe apresentou as vantagens que o país teria com a abertura dos portos, tendo grande influência sobre a Carta Régia de 24 de janeiro de 1808, que autorizou o comércio entre o Brasil e outros países. Lisboa morreu em 1835, no Rio de Janeiro, e o Dia do Comerciante, em homenagem a seu nascimento, foi instituído pela lei Federal n. 2048, publicada em 26 de outubro de 1953.

 

Web Stories

Esta página contém links de afiliados. Ao fazer uma compra por um desses links, o Guia dos Curiosos recebe uma comissão e você não paga nada a mais por isso.

Artigos Relacionados

A trégua de Natal na Primeira Guerra Mundial

A trégua de Natal na Primeira Guerra Mundial

A Primeira Guerra Mundial, de 28 de julho de 1914 a 11 de novembro de 1918,  foi o primeiro conflito que se estendeu por todo o planeta – até o Brasil participou. Quando ela acabou, quatro impérios tinham sumido: o turco, o austro-húngaro, o russo e o alemão. Foi um...

Cestas de Natal Amaral e o início da publicidade natalina

Cestas de Natal Amaral e o início da publicidade natalina

Nos primeiros anos de vida, as emissoras de televisão mantinham praticamente a programação normal mesmo no dia de Natal. Dá para perceber isso na grade horária do dia de Natal de 1957 na revista especializada "7 Dias na TV". Naquele ano, o Natal caiu numa quarta-feira...

0 Comentários

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Share This
Os 100 anos dos ursinhos da Haribo Qual é a origem do Creme Nivea? Você conhece o axolote, o “monstro aquático”? As pioneiras da ficção Científica