Novo Livro O Guia dos Curiosos - Edição Fora de Série

10 curiosidades sobre o Papai Noel

24 de abril de 2019
  1. O Papai Noel foi inspirado no bispo Nicolau, que viveu na cidade de Myra (Turquia) no século 4. Nicolau costumava ajudar, anonimamente, quem estivesse em dificuldades financeiras. Colocava um saco com moedas de ouro na chaminé das casas. Foi declarado santo depois que muitos milagres lhe foram atribuídos.
  2. A Igreja Católica propôs fixar a data de entrega de presentes de São Nicolau no dia 25 de dezembro, para coincidir com o nascimento de Jesus. Nicolau virou, então, Noel, que significa “natal” em francês.
  3. O bispo se transformou em um símbolo natalino na Alemanha. O escritor Clement Moore, no século 19, fez um conto sobre um bom velhinho chamado São Nicolau que morava no polo Norte e, com seu trenó, distribuía presentes. A história se popularizou e correu o mundo.
  4. Antes do século 19, Papai Noel era retratado como um bispo montado em um cavalo. A imagem que se tem hoje apareceu em 1862. Foi obra de um cartunista norte-americano, Thomas Nast, que retratou São Nicolau como um senhor baixinho descendo pela chaminé. Em 1866, Nast pintou a roupa do velhinho de vermelho. As barbas e a expressão simpática foram acrescentadas depois, em um comercial da Coca-Cola que foi ao ar pela primeira vez em 1931.Leia também: Papai Noel foi criado pela Coca-Cola?

     

  5. O bispo São Nicolau viveu na Groenlândia, de onde vem a lenda que diz que o Papai Noel mora entre as geleiras do nordeste do país, em um vale secreto. Há grande polêmica em torno do endereço do bom velhinho. Groenlândia, Finlândia e Suécia conclamam serem seu lar.
  6. A residência do barbudo na Lapônia sueca virou até patrimônio cultural, e é mantida com subvenções da União Europeia. Mas a casa mais visitada é mesmo a da Finlândia. O local fica em Arctic Circle, SF 96930, Rovaniemi. A cidade é a capital da  Lapônia finlandesa, no Círculo Polar Ártico. Segundo a lenda, Papai Noel está com mais de 500 anos e tem carteira de habilitação para dirigir trenós.
  7. Outra possibilidade de endereço para o bom velhinho é o Quirguistão. Pesquisadores suecos concluiram que a localização desse país, na Ásia central, é a melhor se levarmos em conta um bom aproveitamento do tempo para a entrega dos presentes. Se o trenó saísse de lá e voasse no sentido contrário ao da rotação do planeta, Noel teria 48 horas para levar todos os embrulhos.
  8. Há cerca de 2,5 bilhões de casas no mundo, e elas estão a uma distância média de 20 metros entre uma e outra. Se demorasse 34 microssegundos por parada, o Papai Noel teria que viajar a 5.800 quilômetros por segundo para conseguir entregar presentes a todas as famílias.
  9. As renas são os animais responsáveis por ajudar o Papai Noel a distribuir presentes às crianças mundo afora na noite de Natal. De acordo com a versão popular, Papai Noel contava com 8 animais, até surgir uma rena de nariz vermelho (Rudolph) que tinha o dom de guiar o trenó durante os nevoeiros. Essa rena foi contratada pelo bom velhinho, e acabou se tornando a líder do grupo.
  10. Apesar de ser uma história bastante popular, a origem da rena do nariz vermelho tem lá suas controvérsias. Fora do mundo do faz de conta, sua criação data de 1939. Numa ação comercial de Natal, a loja de departamentos norte-americana Montgomery distribuiu cerca de 2 milhões do livreto “Rodolfo, a Rena do Nariz Vermelho”.

Esta página contém links de afiliados. Ao fazer uma compra por um desses links, o Guia dos Curiosos recebe uma comissão e você não paga nada a mais por isso.

Artigos Relacionados

Qual é a origem do Dia Internacional da Democracia

Qual é a origem do Dia Internacional da Democracia

Embora a atual realidade brasileira nos leve a duvidar dela, a prática demonstra que devemos ter mais fé. Comemora-se em 15 de setembro o Dia Internacional da Democracia – e aí tem História. A comemoração mundial foi criada pela ONU em 2007. A ideia era lembrar os dez...

Por que o coelho é um dos símbolos da Páscoa?

Por que o coelho é um dos símbolos da Páscoa?

O ovo é utilizado como símbolo do povo judaico durante a festa que celebra a libertação da escravidão e a fuga do Egito, com a chegada à terra prometida sob a liderança de Moisés. O ovo é comparado ao povo de Israel: ele é um alimento que não perde a forma depois de...

0 Comentários

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Share This